Notícias

Circuito de exibição percorre escolas municipais de Santa Maria (atualizado)


Hoje começamos o circuito de sessões cineclubistas itinerantes pelas escolas de Santa Maria pelo projeto Olhares da Comunidade. A primeira é na Escola Pão dos Pobres, no bairro Nossa Senhora de Fátima, sessão realizada na manhã desta sexta-feira, 19/10.  Na segunda-feira, dia 22, estaremos às 14h no CEU (Centro de Artes e Esportes Unificados), no bairro da Nova Santa Marta. Dia 31 deste mês, uma quarta-feira, iremos ao distrito de São Valentim, na escola José P. de Oliveira, no período da tarde, às 15 horas. Na segunda, 05/11, estaremos na Escola Major Tancredo Penna de Moraes, localizada no distrito de Palma, às 15h; na terça, 06/11, na Escola Julio do Canto, às 19h, em Camobi, e na quarta-feira, 07 /11, será na escola Vicente Farencena, também em Camobi, às 10h, prevista anteriormente para o dia 20/10, mas que precisou ser alterada. E o circuito cineclubista se encerra dia 12/11, às 14h, na escola Dom Antonio Reis, no bairro Medianeira.

Os audiovisuais exibidos nas sessões foram selecionados a partir de um edital que convidou realizadores santa-marienses a inscreverem suas obras. Na programação, que tem cerca de uma hora, estão os curtas Pugna
Nada é Perfeito, Linhas Tortas, Um museu de outro mundo e O candidato. Em algumas comunidades em que já produzimos algum documentário, como nos distritos, ou locais em que já trabalhamos com oficinas que resultaram em alguma história audiovisual, a produção também será integrada à lista dos exibidos.

Após cada sessão rola um debate. A programação tem temática livre e busca fomentar diálogo e troca de ideias entre os jovens das escolas e integrantes das comunidades. Os filmes foram selecionados a partir de conceitos como: relevância social, atualidade, narrativa envolvente, fotografia e roteiro. Nossa ideia é promover a circulação de produções, levar o cinema para perto das comunidades, utiliza-lo como ferramenta de debate, compartilhamento de conhecimentos e inspirações.

Além das sessões cineclubistas itinerantes, o projeto Olhares da Comunidade também tem realizado oficinas de formação audiovisual em duas escolas. Em abril estivemos na escola Major Tancredo Penna de Moraes, em Palma, e na próxima terça iniciaremos o ciclo de formação na escola Dom Antônio Reis, no bairro Medianeira. O projeto tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

Sessão na escola municipal Pão dos Pobres. Fotografia de Heitor Leal.


Edital para seleção de produções santa-marienses para integrar circuito cineclubista itinerante


Lançamos um edital para fazer uma curadoria de produções santa-marienses que irão integrar a programação de um circuito cineclubista itinerante por diferentes regiões do município.  A iniciativa propõe a organização de uma programação com temática livre e que contribua socialmente para o diálogo de questões relevantes, pertinentes e atuais, priorizando a articulação e o protagonismo jovem. As incrições vão até dia 18 de agosto e a lista dos selecionados será publicada no dia 25 deste mês.

Para se inscrever, preencha o formulário  e envie o material audiovisual por Wetransfer, Dropbox, One Drive, Google Drive ou Vimeo (desde que esteja habilitada a opção de download) para o e-mail tvovo@tvovo.org, anexando uma foto de divulgação com legenda e a Autorização de direitos de exibição assinada que está no Anexo I do edital. Não existe limitação de número de propostas a serem enviadas por pessoa.

As exibições serão realizadas entre os meses de setembro e outubro de 2018, em 6 sessões, nos seguintes locais: Praça Boa Esperança/Bairro Nova Santa Marta, EMEF Vicente Farencena/Bairro Camobi, EMEF Major Tancredo Penna de Morais/distrito de Palma, EMEF Pão dos Pobres/Bairro Nossa Senhora de Fátima, Colégio Estadual Padre Romulo Zanchi/Bairro Presidente João Goulart, EMEF José P. de Oliveira/distrito de São Valentim.

O edital é uma proposição da TV OVO através do Projeto Olhares da Comunidade 2018, com o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM) e tem o objetivo de expandir a difusão das produções realizadas na cidade, por meio de sessões cineclubistas em diferentes regiões do município.

Acesse o edital: Edital Olhares da Comunidade 2018

 


Poético e político – As várias faces da tragédia da boate Kiss em “Depois Daquele Dia”


O Cineclube da Boca transformou-se num espaço para uma sessão de empatia, comoção e lágrimas. Na última terça-feira, 27 de março, foi exibido o filme Depois Daquele Dia,  com produção da TV OVO e dirigido pela jornalista Luciane Treullieb,  irmã de João Aloísio Treulieb, uma das vítimas da tragédia da Kiss.

O filme narra a história de como se sucedeu os 5 anos após o dia 27 de janeiro de 2013, trazendo diferentes pontos de vista de pessoas de Santa Maria que presenciaram a dor e o luto de uma cidade, o barulho e o silêncio causados pela tragédia.  A narrativa traz relatos de amigos e familiares de vítimas, além de entrevistas com olhares técnicos, como uma engenheira e especialistas como um psicólogo e um sociólogo.

Após a exibição, houve um debate sobre o documentário. Perguntas de como se deu a escolha dos entrevistados foram comentadas pela diretora Luciane, que relatou um pouco da sua experiência numa produção em que ela está envolvida de diversas formas. Também foram levantadas questões técnicas sobre áudio e vídeo. Entre os comentários, destacou-se a força poética da forma como o documentário trabalha com as imagens e a delicadeza como aborda a história, mas também a potência do seu papel político para enfrentar o esquecimento da tragédia que se alastrou após o primeiro ano do incêndio.

Eliane Corrêa (54), que é professora de fisioterapia na UFSM, e estava entre o público presente, comentou que o documentário é muito importante para a cidade, pois evita que a tragédia da Kiss caia no esquecimento. Ela contou que acompanhou alguns casos de sobreviventes logo após a tragédia e que pode observar sequelas que muitos terão pelo resto da vida por conta da inalação da fumaça.

Bruno Gonçalves de Oliveira também acompanhou a sessão. Ele, que foi um dos entrevistados do documentário, assistiu o filme pela primeira vez. “Mexe bastante, a gente acaba vivenciando tudo de novo”, comenta. Bruno era amigo de João Aloísio e ficou muito comovido com o documentário.

A exibição de Depois Daquele Dia integrou parte da programação de lançamento do projeto Memorial da Vida da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), que homenageia as vítimas da tragédia da Kiss.

Por Larissa Essi

Sessão lotada na exibição do filme Depois Daquele Dia no Cineclube da Boca. Foto Renan Mattos

 


Documentário Depois Daquele Dia será exibido na próxima terça, 27/03


As cicatrizes deixadas pela tragédia da Boate kiss transformaram-se em uma construção fílmica sensível e forte: o documentário Depois Daquele Dia. Uma homenagem, uma memória, uma representação que traz de parte da dor, da saudade e do afeto de Santa Maria em relação aos jovens da Kiss. Para quem ainda não pode assistir, vale a pena se organizar para acompanhar a sessão na próxima terça-feira, dia 27 de março,  no Cineclube da Boca. A sessão será às 19 horas no Auditório do prédio 67, no campus da UFSM.

A exibição do documentário é uma das atividades de lançamento do projeto Memorial da Vida, que deve ser construído no campus para homenagear às vítimas da boate. Depois Daquele Dia tem duração de 50 minutos. A direção e o roteiro são de Luciane Treulieb, alguém que sentiu no coração o vazio da perda. Luciane é irmã de João Aloisio Treulieb, um dos 242 jovens que morreram e traz uma investigação em primeira pessoa sobre os impactos e aprendizados deixados pela tragédia na cidade.

A proposta de Luciane ao transformar a Kiss em um audiovisual se deu a partir do trabalho de conclusão do mestrado em Periodismo Documental, realizado na Universidad Nacional de Tres de Febrero, na Argentina. A TV OVO assina a realização do filme.

Por Tayná Lopes

DDD_PostFB_cineclube


Documentários são exibidos nos distritos de Santa Maria


Oficina de Vídeo – TV OVO promove, durante o mês de dezembro, o Cinema nos Distritos. São sessões de cinema em localidades do interior de Santa Maria. As mostras fazem parte das atividades do projeto Ponto de Memória TV OVO, que integra desde maio deste ano a rede nacional promovida pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) e Ministério da Cultura.

As sessões cineclubistas são abertas à comunidade e proporcionam debates e reflexões com a comunidade. A ação tem como objetivo ampliar a fruição e a formação de público para os documentários de curta-metragem sobre a memória de Santa Maria-RS, num movimento de manter as ações de memória social que a TV OVO realiza desde 2008 com o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade.

Serão exibidos os vídeos A Semi-Lua e A EstrelaBenzedores e Conhecedores de Ervas MedicinaisNa Boca do Monte – Conexão Latino-América, entre outros.

Os Pontos de Memória são projetos espalhados pelo país que recuperam e difundem as memórias e os saberes tradicionais, num movimento de preservação e valorização desse conhecimento.

Confira as datas das mostras:

Santa Flora, na Escola Municipal Santa Flora (Estrada Januário Chagas Franco), no dia 28 de novembro (sexta-feira), às 15h

Pains: no Centro Comunitário de Pains (Estrada Pedro Fernandes da Silveira, próximo à Escola Municipal Bernardino Fernandes), no dia 6, às 20h

Passo do Verde: No salão do balneário Passo do Verde, dia 10, às 20h

Arroio Grande: na Escola Estadual Arroio Grande (RS-511), no dia 12, às 20h

Arroio do Só: no CTG Victório Mario, no dia 13, às 19h

Palma: no Salão Comunitário Santa Terezinha (Alameda Cândido Brasil Moro), no dia 16, às 20h

Boca do Monte: no Sociedade Recreativa Concórdia de Boca do Monte (Rua Euclides da Cunha, 1, Boca do Monte), no dia 18, às 20h

 

ponto de memória


Cineclube Lanterninha Aurélio tem ciclo inspirado nos quadrinhos


Clube do Gibi Santa Maria e Quadrinhos s.a. apresentam o Ciclo Inspirações no Cineclube Lanterninha Aurélio. São filmes livremente inspirados nas HQs e que levam às telas heróis com um pé na realidade e outro na ficção.

Confira a agenda:
03/11 – Super 
10/11 – Darkman 
17/11 – Defendor
24/11 – Poder sem limites

As sessões serão sempre as segundas-feiras com início as 18h, com entrada GRATUITA e sorteio de BRINDES.

ciclo inspirações