Notícias

Rio +20


Será realizado no dia 4 de junho de 2012, a plenária do comitê gaúcho para o Rio +20, promovido pela Comissão de Saúde e Meio Ambiente da Assembléia Legislativa do RS e do Comitê Gaúcho Rio+20. No evento será apresentado o documento ”Que desenvolvimento queremos”. O evento será às 16horas, na Sala do Fórum Democrático da Assembleia Legislativa, localizado na Praça Marechal Deodoro, 101, 3º andar, em Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul, Brasil.


Ruas ocupadas pela arte


Ocorre em Santa Maria até sábado o evento internacional arte#ocupaSM. Com intervenções nos prédios da Vila Belga, Patrimônio Histórico que pertenceu até 1997 à Administração da Viação Férrea do Rio Grande do Sul.
Horários:
De terça-feira (29/05) a quinta-feira (31/05), das 13:00 – 22:00
Sexta-feira (1/06), 13:00 a sábado (02/06), 12:00 – ininterrupto
Locais:
Prédio da Administração Ferroviária (desativado em 1997), Rua Manuel Ribas, s/n, Vila Belga e Campus da UFSM (estacionamento CAL)
Artistas participantes:
Adriana Tabalipa – Brasil, Andreia Oliveira -Brasil, Andres Uribe – Colômbia, Aru Ma -Bolivia, Benjamin Costa – Brasil, Bianca Scliar – Brasil, Bacanikas (coletivo) – Colômbia,Claudia Paim – Brasil, Daniel Castellanos – Colômbia, Daniel Paz – Brasil, Dany Quiroga -Brasil, Daniel Moralles – Brasil, Efraín Foglia – Espanha, Elcio Rossini – Brasil, Fabio Purper– Brasil, Florence Endres – Brasil, Francieli Garlet – Brasil, Gabi Gabelich -Argentina,Gérman Toloza – Colômbia, Jordí Sala – Espanha, Helga Corrêa – Brasil, Hermes Renato Hildebrand – Brasil, Julio Costa – Brasil, Luana Andrade – Brasil, Lucas Silveira – Brasil,Maria Correa – Colômbia, Maria Isabel Rueda – Colômbia, Mirieli Costa – Brasil, Noëlle Lieber – Argentina, Ralfie Heinsch – Brasil, Rebeca Stumm – Brasil, Ricardo Garlet – Brasil,Roderick Steel – Brasil/Inglaterra, Silvia Laurentiz – Brasil, Sergio May – Brasil, Tamiris Vaz – Brasil, Tatiana Vinadé – Brasil, Vanessa Ramos-Velasquez – Brasil/Alemanha
Encontro com Pesquisadores:
Caryl Lopes, Arquiteto e pesquisador – Brasil; Vani Foletto, Artista e pesquisadora – Brasil;Dario Vargas, Artista e pesquisador – Colômbia; Andre Soares, Pesquisador – patrimônio – Brasil; Flavia Brito, Arquiteta, pesquisadora IPHAN-SP – Brasil; João Rodolpho, Historiador e pesquisador – Brasil; Priscila Quesada, Arquiteta – Brasil; Sheila Comiran, Arquiteta – Brasil;Bianca Knaak, Crítica de arte – Brasil.
Curadores:
Rebeca Stumm – Curadora Geral
Andreia Oliveira, Helga Correa e Roderick Steel – Curadores Adjuntos
Santiago Roeda – Curadoria America Latina
Assistente de curadoria: Ricardo Garlet
Organização:
Grupo Momentos Específicos
Contato e informações:
Com informações da Assessoria.

Micro Teia ocorre em Santa Maria


Acontece em Santa Maria, nos dias 26 e 27 de maio, a Micro Teia e o 1º Encontro do Pontos de Cultura da Região Centro do RS. O encontro, que tem como temática a Economia Solidária da Cultura para a Sustentabilidade e Justiça Social e ambiental dos Pontos de Cultura, firma como objetivo promover a articulação política dos Pontos de Cultura e as Ações do Programa Cultura Viva em âmbito regional.

A atividade é voltada para representantes dos Pontos de Cultura do RS, estudantes, gestores de redes municipais , Pontões de Cultura, SEDAC e Representantes do Ministério da Cultura, além da comunidade cultura interessada.

Pedimos a divulgação do evento nas redes sociais de todos os ponteiros da região central.

Acompanhe a programação em anexo

PROGRAMAÇÃO
1º Dia: 26 de MaioLocal: Centro de Eventos da UFSM (Campus) – PROFITECS

Manhã:

8h:30 – Credenciamento

9h:00 – Abertura com acolhida cultural – PROFITECS

9h:15 – Composição da mesa: Marly Cuesta- Rp.dos Pontos de Cultura do RS na Comissão Nacional,  Denise Copetti e Vanda Marques Sito – Representantes dos Pontos de Cultura da Região Centro na Comissão do RS, Iara Druzian – Secretária Municipal de Município da Cultura de Santa Maria, Prof. M.e. Oscar Daniel Morales Coordenador de Eventos e Difusão Cultural da Pró-Reitoria de Extensão da UFSM,  Marcelo Azevedo-Diretor de Cidadania Cultura, Representando o Sr. Luiz Antonio de Assis Brasil- Sec. Estadual  de Cultura do RS, Maria Alice Santos e Henry Soares- Representantes  da  Margarete Moraes, MD Representante da Regional Sul do Ministério da Cultura.

10h:15 – Histórico resumido:

1- Programa Cultura Viva e suas Ações – Sr. Leandro Anton – Representante Suplente da Comissão do RS na CNPdC.

2- Teia Nacional com indicativo de realização em 2013 e Fórum Nacional dos Pontos de Cultura/Representação Estadual na Comissão Nacional dos Pontos de Cultura – Leandro Anton.

3- Teia do RS e Fórum Estadual dos Pontos de Cultura – Será realizada nos dias  8, 9 e 10 de Junho de 2012 em São Leopoldo – RS -Marly Cuesta – Rep.Titular da Comissão RS na CNPdC e Tuxaua 2010.

11h:00  – Café Cultural

11h:10 –  continuação histórico

4- Teia Regional Sul  2012 – Indicativo de data: novembro 2012, em Foz do Iguaçu//PR – Marly Cuesta.

11h:45 -1ªs Encontros e Micro-Teias  do RS – Processo formativo  em nível regional do Estado – Marly Cuesta – Tuxaua 2010.

12h:00  – Debates/Perguntas

Almoço : 12h:30min

Tarde:

14h:00 – 1.Cidadania e Participação Democrática na construção de Políticas Públicas – M.e.Marcelo Azevedo, Diretor de Cidadania Cultural da SEDAC  e Informes sobre o  FAC  e outras Ações da SEDAC.

Debates/perguntas/sugestões

14h: 30 – 2. Gestão – Erick de Melo Maciel – IFRS Campus Farroupilha.

Debates/perguntas/sugestões

15h:00 – 3. Sustentabilidade e Biodiversidade – Erick de Melo Maciel – IFRS Campus Farroupilha.

Debates/perguntas/sugestões

15h:30- 4. Comunicação para a  valorização da Cultura local e ambiental, Silvia Marcuzzo, Jornalista Sócio-Ambiental de Porto Alegre e  Consultora de Comunicação para a Sustentabilidade.

Debates/perguntas/sugestões

16h:00  –  Café Cultural

16h:10 – Apresentação dos Pontos de Cultura presentes – resumo de suas atividades.

17h:00 – Apresentação cultural pelos Pontos de Cultura.

18h:00 – Visita à Exposição e Comercialização de produtos da economia solidária da cultura dos Pontos de Cultura e região.

19h:30 – Jantar

2º Dia: 27 de Maio

Local: Escola Municipal de Aprendizagem Industrial – EMAI (Av. rio Branco, 66 – Próxima a Gare da Viação Férrea)

Manhã:

9h:00 – Abertura com acolhida cultural – Exibição do Documentário “Ao Sul de um Movimento”- Pontão FOCU

Debates/perguntas/sugestões

9h:45 – 5. Edital Pontos de Cultura – João Pontes  da SEDAC

10h:30- Café cultural

10h:40 – 6. Oficina de Prestação de Contas para os Ponteiros – MinC

11h:30 Visita a Vila Belga e Estação Férrea

12h:00 Almoço

14h:00 – 7. A importância da rede Cultura Viva para a afirmação dos pontos de Cultura – Wagner Coriolano

14h:30-  Informes:

  • Da Comissão do RS: Participação no Colegiado das Culturas Populares/Conselho de Cultura de Porto Alegre/GT-Cultura,Marketing e eventos da COPA 2014/ PAIR/RS;ODM/RS/Treinamento para Praças dos Esportes e da Cultura-PECs/ Cúpula dos Povos na Rio+20
  • Dos Gestores dos Pontos
  • Da Representação Regional Sul do MinC – Redesenho do Programa Cultura Viva  e outras Ações do Ministério da Cultura- Maria Alice e Henry Soares

15h:30 – 8. Apresentação Projeto Tuxaua 2010  e  Economia Solidária da Cultura para viabilizar a justiça social, ambiental  e sustentabilidade/ Organização em Rede dos Pontos de Cultura do RS–  Marly Cuesta, Tuxaua 2010,

16h:00:  – Grupos Temáticos  da  Formação

17h:00- Encerramento festivo no Sobrado Centro Cultural – TV OVO


Um domingão cultural


Continuam as atividades do II Moisaico, festival promovido pelo grupo Teatro Por Que Não? No próximo final de semana acontece o Domingão Cultural no Espaço Cultural Victorio Faccin. O local, que já foi uma antiga fábrica de brinquedos, agora funciona como palco de diversas atrações culturais, como teatro circense e exposições de artes visuais.

O QUE?: Domingão Cultural
QUANDO?: Domingo, 20 de maio
ONDE?: Espaço Cultural Victorio Faccin – Sede dos grupos Teatro Por Que Não? e TUI – Teatro Universitário Independente (Rua Duque de Caxias, 380)
QUE HORA?: A partir das 14h
QUANTO?: De graça!

Com informações do grupo Teatro Por Que Não?


TV OVO foi parada no Blitz da TV Campus


Hoje, sexta-feira, 18,  programa Blitz da TV Campus é sobre os 16 anos da TV OVO. O programa é apresentado por Manuela Motta e vai ao ar às 23h.

Caso perca a apresentação de hoje, que também será transmitida online (http://w3.ufsm.br/tvcampus/), você pode conferir as reprises no sábado e domingo às 14h30 min e na segunda e quarta-feira às 20h.

Não perca a TV OVO do outro lado das câmeras!


Tela Preta Café


Dos relatos oficiais às marcas de tortura: o que foi e o que é a Ditadura brasileira? Para discutir o tema, o Comitê Santamariense de Direito à Memória e à verdade e o Tela Preta Café promovem no mês de maio o ciclo “Cinema e Debate: Ditadura no Brasil”. Venha debater para construir nossa memória, resgatar as páginas esquecidas da nossa história!

Que bom te ver viva (10/05)

“Que Bom Te Ver Viva” mistura os delírios e fantasias de uma personagem anônima (Irene Ravache) alinhavado pelos depoimentos de oito ex-presas políticas brasileiras que viveram situações de tortura. Mais do que descrever e enumerar sevícias, o filme mostra o preço que essas mulheres pagaram, e ainda pagam, por terem sobrevivido lúcidas à experiência de tortura.

O dia que durou 21 anos (16/05).

O documentário apresenta, em três episódios de 26 minutos cada, os bastidores da participação do governo dos Estados Unidos no golpe militar de 1964 que durou até 1985 e instaurou a ditadura no Brasil. Pela primeira vez na televisão, documentos do arquivo norte-americano, classificados durante 46 anos como Top Secret, serão expostos ao público. Textos de telegramas, áudio de conversas telefônicas, depoimentos contundentes e imagens inéditas fazem parte dessa série iconográfica, narrada pelo jornalista Flávio Tavares.

Perdão Mr. Fiel (24/05)

A morte de Manoel Fiel Filho é a base do documentário que pretende discutir a intervenção dos Estados Unidos nos países da América do Sul nas décadas de 70/80 e a caça impiedosa aos comunistas através da “Operação Condor”, idealizada pela CIA e adotada pelo regime do general chileno Augusto Pinochet. A Guerra Fria entre os EUA e a União Soviética criou nos norte-americanos um verdadeiro pavor aos comunistas, com mais densidade depois que Fidel Castro assumiu o poder em 1959, criando a expectativa de expansão do regime comunista a outros países da América do Sul, do Caribe e da América Central De 1960 até os anos 80, os americanos financiaram e adotaram todas as intervenções militares no Cone Sul, promovendo um verdadeiro genocídio. Nos 20 anos de ditadura em apenas três países sul-americanos os números são macabros. No Brasil 300 mortos, incluindo os desaparecidos, 25 mil presos políticos e 10 mil exilados. Na Argentina, em sete anos de ditadura, os mortos e desaparecidos foram 30 mil e os presos políticos e exilados 500 mil. No Chile, em 17 anos do governo Pinochet, morreram ou desapareceram 5 mil pessoas, houve 60 mil presos políticos e 40 mil exilados.

Da Assessoria.