Notícias

Pré-Poeira acompanha a produção de curta da TV OVO


Que a TV OVO vai gravar o curta-metragem Poeira, você já sabe, não é mesmo? Para mostrarmos um pouco mais dos bastidores e do que está ocorrendo antes das gravações, o Núcleo de Comunicação e Criatividade da TV lança a série Pré-Poeira.

Neste primeiro capítulo, o diretor do curta-metragem Poeira, Paulo Tavares, conversa com a gente sobre o projeto, desde os ensaios com atores às locações.

Confira:

[youtube gdg8nLn9gv0& nolink]


Programa Cultura Viva é política de Estado! Confira a opinião da TV OVO


O Programa Nacional de Promoção da Cidadania e da Diversidade Cultural (Cultura Viva) é, a partir de agora, política de Estado. Sanção da Lei 13.018/2014, que institui a Política Nacional de Cultura Viva, foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (23/7). Nova legislação garante o compromisso do Estado brasileiro em ampliar, por meio dos Pontos e Pontões de Cultura, o acesso da população a seus direitos culturais.

Opinião de Paulo Tavares (TV OVO e representante dos Pontos de Culturas na Região Central do RS):

A sanção da Lei Cultura Viva  é um marco para a cultura popular brasileira. Com ela, as parcerias entre a sociedade civil e as três esferas de governo tendem a ser facilitadas, ampliando assim, a promoção, o acesso e o direito da população a cultura.

Foi justamente com programa Cultura Viva que a TV OVO desenvolveu os projetos: Ponto de Cultura Espelho da Comunidade e Pontão de Cultura FOCU, dando um salto na sua qualificação e expandindo sua atuação na área do audiovisual em Santa Maria, no Rio Grande do Sul e na Região Sul do país. E hoje, podemos dizer que temos o reconhecimento do nosso trabalho nacionalmente.

Agora, com a Lei Cultura Viva a sociedade brasileira tem muito a ganhar culturalmente.


TV OVO grava documentário em Arroio do Só


Nesta sexta-feira e no sábado (dias 18 e 19), a TV OVO grava um documentário sobre o distrito de Arroio do Só (Santa Maria-RS). O audiovisual faz parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade que, desde 2008, registra histórias de pessoas e locais do coração do Rio Grande. A iniciativa da TV OVO tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

Nos dois dias de gravação, serão registrados depoimentos de moradores: desde os que moram há mais de 50 anos no local aos mais jovens. Os participantes contarão suas memórias, como as viagens de trem na estação do distrito, as plantações de arroz, a intensa produção de cuias do local e as perspectivas.

A previsão de lançamento do documentário é para novembro deste ano.

Sobre o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, clique aqui.

Foto Nícholas Fonseca

Produção de cuias é a principal atividade econômica do distrito


TV OVO gravará documentário em Carazinho


As ondas do rádio batem forte no coração, e a TV OVO vai até ao norte do Estado para registrar isso. O projeto Frequências do Interior, que será transformado em documentário, foi aprovado no edital Rio Grande do Sul Pólo Audiovisual – Histórias do Sul, da Secretaria de Estado da Cultura. A homologação com o resultado definitivo foi publicada nesta terça-feira, 1º de julho, no Diário Oficial do Estado. Serão R$ 42 mil destinados à produção.

A partir do segundo semestre, a TV OVO pega a estrada até o município de Carazinho (RS) para produzir o documentário Frequências do Interior, que terá duração de 26 minutos. O tema do audiovisual será o quadro radiofônico Cantinho do Amor, da emissora Gazeta AM 670, que, há três anos, promove encontros entre ouvintes que buscam um(a) companheiro(a). Por meio do rádio, diversas pessoas já se encontraram naquela região. Em alguns casos, ouvintes até já vivem juntos e se dizem felizes, graças ao Cantinho do Amor.

– O bacana desse doc. é mostrar a força que o rádio ainda tem no interior e também registrar aspectos da cultura do norte do Estado, pois não há muitas produções audiovisuais, pelo menos que eu tenha conhecimento, que contemplem essa região – comenta Neli Mombelli, que dirigirá o documentário ao lado de Marcos Borba (ambos da TV OVO).