Notícias

Caçadores de Bons Exemplos visitam a TV OVO


Uma grande surpresa para esta tarde quarta-feira (27) na TV OVO foi a visita do casal que roda o Brasil com a expedição Caçadores de Bons Exemplos. Há mais de 3 anos na estrada, saindo de Divinópolis (MG), os dois percorrem o país para conhecer projetos sociais e iniciativas comunitárias. A meta é que a expedição chegue a 5 anos.

Sem patrocínio ou vínculos com alguma instituição, o desapego e a vontade de conhecer pessoas e boas intenções é o combustível do casal Iara e Eduardo Xavier.

Iara e Eduardo (à esquerda)

Iara e Eduardo (à esquerda) viajam voluntariamente

Para que a viagem ocorresse, eles venderam a casa própria. Largaram tudo, embarcam no carro/casa-móvel e pegaram a estrada sem planos. Na verdade, apenas um: conhecer pessoas bem intencionadas. Como o dinheiro iria acabar, ainda no final de 2013, eles receberam a proposta de participar do quadro Agora ou Nunca do programa Caldeirão do Hulk. Conseguiram tirar o prêmio de R$ 30 mil.

- Ninguém sabia, mas a ideia era vender o carro no ano passado justamente para terminar de pagar o carro, porque já estávamos individados. É incrível como tudo tem se providenciado para dar certo – exclama Iara, com a paixão desta expedição estampada nos olhos – a gente recebe muita ajuda, as pessoas nos reconhecem devido às entrevistas na TV. Nossa meta é bem estabalecida: viajar até 2015, insparar outras pessoas e ver que existem boas pessoas no mundo. E vamos concluir a viagem. Como? Apesar de sermos Administradores, não fizemos planejamento algum até agora e tudo foi providenciado.

Eduardo completa:

- Inicialmente queríamos era mudar o nosso mundo, a nossa maneira de viver. Tanto que a gente, antes de aparecer no Fantástico (no dia 15/09/2013), não queríamos. Falávamos para a produtora da Globo que poderíamos indicar projetos sociais para que fosse feita a reportagens. Mas, como são muitos projetos que já havíamos visitado, eles nos convenceram que, por meio da nossa expedição, muitas pessoas poderiam colaborar com essas iniciativas comunitárias. Muitas pessoas gostariam de doar dinheiro para a nossa expedição, mas não aceitamos e indicamos para que doe para um projeto social. Esse é o nosso patrocínio, que as pessoas ajudem as outras.

Confira a reportagem, feita por Marcelo Canellas, com a expedição: