Notícias

Um dia para cantar os 20 anos e o fazer cultural


Se a TV OVO completou 20 anos na quinta-feira, 12 de maio de 2016, vale lembrar que Paulo Tavares, quem lançou nossa pedra fundamental sem nem imaginar, esteve de aniversário na terça-feira, dia 10 de maio, e Marcos Borba, outro nome cuja história se confunde com a da TV, assoprava suas velinhas no dia 14 de maio. Assim, com tantos aniversários, não havia como não comemorar em grande estilo: um palco aberto com a rua e os morros ao fundo emolduraram as apresentações de Guantánamo Groove, Pirisca Grecco e Pegada Torta, bandas que se formaram em Santa Maria para produzir cada uma a sua música, e que aceitaram subir ao palco para um público de cerca de 500 pessoas em frente ao Sobrado, todo iluminado pelo videomapping dos também santa-marienses  Fernando Krum e Fernando Codevilla.

O palco e a fachada do casarão também serviram para protestos contra o fim do Ministério da Cultura com as hashtags #ficaMinc e #lutopelacultura. A medida tomada no primeiro dia do governo interino de Michel Temer (PMDB), uma sexta-feira 13, foi considerada por aqueles que atuam no cenário cultural brasileiro como um retrocesso, tendo sido sustentada por um simples argumento de “corte de gastos”. Criado ainda no governo Sarney, O Ministério da Cultura somente teve caráter de secretaria nos anos de Fernando Collor, retirando do segmento cultural sua autonomia de gestão e o transformando em mera secretaria do Ministério da Educação.

Após a mobilização dos artistas, produtores culturais e movimentos sociais – e visando reduzir as críticas sobre seu governo – Temer voltou atrás e recriou o Ministério da Cultura no dia 21 de maio, após ter nomeado Marcelo Carneiro para secretário de cultura, passando então Marcelo ao cargo de ministro. Resta agora saber como será a gestão do Ministério.

Por William Boessio
Fotografia de Neli Mombelli


A construção do Sobrado Centro Cultural


“Quando Evandro Ribeiro mandou fazer esse casarão em 1916, exatos 100 anos, ele não sabia que estava ajudando a dar rosto, a dar fisionomia ao momento urbano da nossa cidade, ele não sabia que estava ajudando a imprimir a digital da nossa identidade e do nosso passado ferroviário. Em 1996, precisamente no dia 12 de maio, portanto há exatos 20 anos, quando Paulo Tavares reuniu um grupo de garotos lá na Vila Caramelo, ele provavelmente não sabia a extraordinária aventura que ele estava começando para retirar jovens da periferia do desalento e do desamparo e oferecendo caminhos e possibilidades para eles. Quando eu comprei essa casa aqui, eu só queria salvar um casarão da ruína. Eu não sabia que seria o ponto de conexão dessas duas histórias tão fabulosas.”

Foi com essas palavras que, em 12 de maio de 2016, o jornalista Marcelo Canellas fez da casa do poeta Evandro Ribeiro a casa oficial da TV OVO, nosso viveiro de sonhos, segundo Paulo Tavares.

Em solenidade, com a presença de  amigos, diversos produtores culturais e autoridades do município, Marcelo Canellas assinou o documento que transfere a posse do sobrado, localizado na esquina da rua Floriano Peixoto com a Ernesto Becker, para a TV OVO, que ocupava o casarão desde de 2011, quando foi acertada a parceria entre Canellas e a instituição.

Com a transferência do casarão, a TV OVO ganhou um espaço que agora pode chamar de seu, mas que também é de todo santa-mariense. Estavam presentes aproximadamente 80 pessoas para a apresentação do projeto de Restauro do Sobrado Centro Cultural,coordenado pelos arquitetos Clarissa Pereira e Daniel Pereyron que contaram com a ajuda de colaboradores que se somaram durante o período de elaboração.

O projeto apresentado prevê dois espaços. Um deles é a restauração do casarão que abrigará o museu da imagem e do som, cineclube, biblioteca do audiovisual, café cultural e espaço para exposições. O outro ambiente será um prédio, aos fundos, com salas de aulas, estúdios de TV, cinema e áudio e espaço para apresentações teatrais.

“O Sobrado Centro Cultural pode ser um espaço de reflexão e crítica ao jornalismo que é feito pelos meios tradicionais, e de novos caminhos para uma profissão que está mudando quanto à gestão de negócios, à plataformas e modos de fazer”, foram as palavras finais da fala de Marcelo Canellas.

Até o final de julho, as equipes do escritório de arquitetura Smarqs e Simultânea Engenharia trabalham nos projetos estrutural e complementares para, após esta etapa, a TV OVO iniciar a captação de recursos em leis de incentivo. Além do direcionamento de recursos por meio de mecanismos de fomento, pessoas físicas e jurídicas também pode fazer doações diretas para construção do Sobrado Centro Cultural de fato.

Por Helena Moura, Laura Boessio e William Boessio

Fotografia de Julia Machado

Assinatura da escritura de doação do imóvel.

Assinatura da escritura de doação do imóvel.


Bate-papo, audiovisual e uma turma


Na sexta-feira, 08 de abril, ocorreu o primeiro colóquio do projeto Narrativas em Movimento que celebra nossos 20 anos em 2016. Audiovisual/RS: cenários atuais contou com o montador e roteirista gaúcho Giba Assis Brasil, o diretor e produtor colombiano Juan Zapata e a representante da Garibaldi Film Commission,  Ivane Fávero. O bate-papo foi mediado pelo jornalista e nosso associado Marcos Borba.

O galpão lotou com a presença de estudantes, professores, integrantes de setores culturais da cidade e membros da comunidade apaixonados por cinema. O colóquio teve cerca de três horas de duração com um diálogo cheio de experiências e novas aprendizagens trocadas entre público e convidados.

A secretária de Turismo e Cultura de Garibaldi/RS, Ivane Fávero, contou um pouco sobre a experiência de captação e produção audiovisual da Film Commission da sua cidade. Ela comentou sobre a importância do cinema para o fomento cultural e também como incentivador e movimentador do turismo local. Na mesma tarde do colóquio, teve um seminário que reuniu as Film Commissions do Estado.

Juan Zapata e Giba Assis Brasil falaram sobre suas vivências pessoais contrapondo com vários aspectos importantes da produção cinematográfica nacional e internacional. A conversa também contou com um panorama do cenário cinematográfico brasileiro, assim como a necessidade de pensar na distribuição e circulação do que vem sendo produzido. O debate, que tem incentivo da LIC/SM, se estendeu para a área de políticas públicas e a organização para captação de recursos para o financiamento das obras. Uma das frases mais ditas é que geralmente “cinema se faz com a nossa turma”.

E para encerrar a noite, foi aberto espaço para o público presente questionar e/ou acrescentar à discussão. Ao final, ficou a alegria do encontro, o conhecimento e a certeza de que esse tipo de debate com a comunidade sempre nos enriquece.

Por Helena Moura, Renan Mattos e Julia Machado

nem02

 

nem01


Encontro das Film Commissions do RS


Na tarde chuvosa da última sexta-feira, 08, representantes das Film Commissions (FCs) de Santa Maria, Garibaldi, Porto Alegre e Pelotas se encontraram no Sobrado Cultural, nossa sede, para discutir questões acerca do cenário audiovisual nacional.

Entre as propostas citadas na reunião, a de maior importância está a criação de uma Rede da Film Commission no Rio Grande do Sul, assim como a elaboração de um calendário de eventos e um planejamento de estratégias para movimentar o desenvolvimento da FC no estado. Além disso, foram apontados problemas  encontrados na circulação, tanto no âmbito nacional quanto internacional, das produções audiovisuais brasileiras e a falta de capacitação para produtores executivos no cinema e audiovisual.

Juan Zapatta, diretor e roteirista, também esteve presente na reunião e reforçou a importância do reconhecimento de uma Film Commission estadual e também a importância de pensar numa forma de distribuição mais abrangente, além de afirmar que o Rio Grande do Sul tem um grande potencial de mercado na área audiovisual por conta de sua grande diversidade cultural.

Por Laura Boessio

film commission


Santa Maria vai sediar Seminário das Film Commissions do Estado


Existe um movimento crescente de organização do Estado, produtores cinematográficos, cineastas, prestadores de serviços, rede de hotéis, associação de profissionais da área e produtoras para formar Film Commissions municipais, estaduais, nacionais e continentais. O objetivo desta mobilização é atrair, de forma organizada e qualificada, produções de cinema em locais que possuem um potencial para desenvolver esses filmes, seja pelo incentivo governamental, pela capacidade profissional e técnica das pessoas, ou pelo potencial geográfico de um determinado espaço.

Dentro deste novo cenário, o trabalho em conjunto é fundamental. E para viabilizar uma troca de experiência entre esses atores, será realizado o Seminário das Film Commissions do RS que discutirá as seguintes propostas:

  • Criação da Rede de FCs do RS;
  • Elaboração de um calendário de eventos e seminários para a Rede de FCs;
  • Capacitação conjunta dos agentes das FCs do Estado;
  • Participação conjunta em feiras e festivais;
  • Planejamento de estratégias para fomentar o desenvolvimento da FC do RS

O evento será no dia 08 de abril de 2016, às 14h30min, no Sobrado Centro Cultural (sede da TV OVO). Estão confirmadas os escritórios de Porto Alegre, Santa Maria, Garibaldi, Pelotas além da participação (on-line) da Film Commission da Colômbia.

O Seminário compõe as atividades do projeto Narrativas em Movimento (realizado pela TV OVO com incentivo da LIC-SM) que no mesmo dia realizará, às 19h,  o colóquio Audiovisual/RS: cenários atuais com a presença do o montador e diretor colombiano Juan Zapatta; o diretor, roteirista e montador cinematográfico porto-alegrense Giba Assis Brasil e a representante da Film Commission de Garibaldi, Ivane Fávero.

Por Marcos Borba

Set do curta-metragem Poeira

Set do curta-metragem Poeira


Planejamento para um novo ano


A equipe da TV OVO se reuniu nos dias 13 e 14 de fevereiro em um processo de imersão e planejamento dos projetos que serão realizados ao longo de 2016. Em dois dias de reunião, foram  debatidas propostas e metas para todas as etapas da concepção e realização das ideias que estão pipocando na TV.

Na pauta do encontro foi abordado assuntos como a programação de aniversário de 20 anos da TV, que será nos dias 12 e 14 de maio; a exibição das produções realizadas em 2015; o projeto de restauração do sobrado, sede da associação atualmente;  as produções a serem realizadas em 2016; além do planejamento financeiro e administrativo para o ano.

planejamento 2016

Texto de Julia Machado

Foto de Neli Mombelli