Notícias

Workshop de produção audiovisual com tecnologia mobile


O audiovisual vem em uma crescente evolução na sua forma de produção. Novas plataformas e dispositivos proporcionam uma nova experiência na área e cada vez mais provocam os entusiastas desse mundo para novas possibilidades com o áudio e o vídeo.

Para uma imersão no mundo da tecnologia voltada para o audiovisual, organizamos um workshop de Produção Audiovisual com Tecnologia Mobile. O diretor cinematográfico e pesquisador de novas mídias, Leo Roat, é quem vai ministrar os dois dias de oficina.

O conteúdo proporcionará um contato que vai desde as formas de produção e suas possibilidades de experimentações com a tecnologia mobile, atá a produção, edição e finalização de um produto audiovisual. O workshop vai ocorrer nas tardes do dias 26 e 27 de abril, das 14h às 18h, na sede da TV OVO. A atividade integra a programação do Narrativas em Movimento deste ano.

São 20 vagas ofertadas. As inscrições podem ser feitas neste formulário até 20 de abril. O custo é de R$ 60 integral e R$ 30 meia (estudantes – comprovante de matrícula, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes). A vaga será confirmada mediante o pagamento na sede da TV OVO até dia 20 de abril.

Dúvidas e informações pelo em-mail tvovo@tvovo.org, pelo telefone 3026 3039, mensagem in box pela página da TV OVO no facebook.

 

Conteúdo Programático

 Entendendo o audiovisual mobile | Introdução ao audiovisual com celular |Pensando o audiovisual com celular|

Seja criativo em qualquer lugar | O vídeo na gravação com dispositivos móveis | O áudio na gravação com dispositivos móveis |

Equipamentos para gravação mobile | Aplicativos e o audiovisual mobile (gravação, edição, finalização e FX) |

Explorando as possibilidades audiovisuais na gravação com celular | Mobile workflow | Direção na gravação mobile |

Gravando, editando, finalizando e compartilhando somente através do mobile | Inspirações criativas

Texto e foto por Renan Mattos

mobile


De olho na programação do Narrativas em Movimento 2017


O Narrativas em Movimento (Nem) retorna em 2017 cheio de coisas novas. A programação inicia em abril e se estenderá até outubro. Assim como no ano passado, traremos convidados para compartilhar experiências e teremos workshops para complementar os debates e abordar a formação . No ano passado, o Nem contou com a presença de convidados especiais nos colóquios com nomes como os jornalistas Andrea Dip. Moisés Mendes e Mauri König, o montador Giba Assis Brasil e o pesquisador Alexandre Barbalho. Sempre trazendo assuntos fundamentais no debate na área do audiovisual, da cultura e do jornalismo. E neste ano as coisas não serão diferentes!

Para começar, teremos o workshop produção  audiovisual com tecnologia mobile nos dias 26 e 27 de abril, com Leo Roat, na TV OVO. Para informações a respeito de vagas e inscrições, clique aqui.

No início de maio ocorrerá o primeiro colóquio da programação. O Narrativas Audiovisuais e Informação será no Theatro Treze de Maio, a partir das 20h. O debate permeará questões acerca de como contar histórias e  a relação com o Outro, pensando nas linguagens audiovisuais que perpassam a reportagem televisiva, vídeos informativos para internet e o documentário. Entre os convidados está Marcelo Canellas. Os demais nomes serão confirmados nos próximos dias. Aguarde!

Ainda em maio, teremos um workshop de fotografia para documentário jornalístico. Em junho as atividades continuam com um workshop de desenho de som para audiovisual. Para encerrar a programação, setembro trará o segundo colóquio sobre  produção audiovisual em série voltado tanto para internet quanto para televisão, seguido do workshop de criação de websérie. Ainda em setembro faremos uma oficina de realização audiovisual para jovens estudantes de escolas públicas.

O Nem é um projeto desenvolvido pela TV OVO com apoio da Lei de Incentivo a Cultura de Santa Maria (LIC/SM). Mais informações sobre cada um dos eventos irão surgir daqui para frente. A TV OVO está trabalhando com dedicação e carinho na produção do Narrativas em Movimento para que o debate não pare. A única certeza é a de que não dá para perder!  Se você se interessou por alguma ou todas as atividades, acompanhe nossas postagens no site e na nossa página no Facebook.

 

Por Julia Machado

logo_narrativas_web

 


Novos ingredientes para somar na gema da TV OVO


A receita sempre aumenta, cada ano temos novas pessoas circulando e integrando a família que habita os arredores do Sobrado da Ernesto Becker.

No ano em que completamos 21 anos de envolvimento com o audiovisual, temos que adicionar mais alguns ingredientes a essa receita que a cada ano tem um tempero diferente. Após a inscrição e seleção dos voluntários, nossa família aumentou em quatro cabeças pensantes para agregar a gema da TV OVO.

O Alan Orlando, da Produção Editorial da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), o Luziano Goulartes que é ator e acadêmico de Direito da UFSM, o Pedro Piegas, do Jornalismo da Unifra e o Valdemar Neto, o Valdo, do Jornalismo da UFSM chegam pra somar na massa audiovisual aqui da tevê.

Sejam bem-vindos e seguimos colocando fermento nessa história!

voluntarios 2017


Gravação de curta-metragem ocupa o estúdio do Sobrado Centro Cultural


Um espaço grande, com paredes escuras e com a possibilidade de iluminar e criar outras realidades. Essa é a função básica de um estúdio de cinema. Para exercitar esse destino, o galpão do Sobrado Centro Cultural abriga uma parte das gravações do curta-metragem Karma, produção dos alunos da disciplina de Cinema II, do Curso de Jornalismo do Centro Universitário Franciscano.

De autoria de Luciano Vieira e com direção de Victor Mosttajo, Karma é um misto de drama e suspense, que narra a história de um taxista aposentado, prestes a acabar com a própria vida. Porém, antes do último suspiro, uma velha lembrança o faz retornar para a noite que o levou até aquele ponto. Aquela foi a noite de sua ruína, mas também o seu maior momento de altruísmo. Seria isso suficiente para impedi-lo de desistir de tudo? As gravações ocorrem nos dias 14, 20 e 22 de outubro, em algumas ruas de Santa Maria, entre elas a Vale Machado e no estúdio da TV OVO. No elenco estão Paulo Tavares e Thiago Brenner.

Vale ressaltar sempre que, colocando em prática o (re)aprendizado do curso de Artes Cênicas da UFSM, Paulo Tavares, associado e idealizador da TV OVO, compõe o elenco do audiovisual, o diretor de fotografia Alexsandro Pedrollo e a professora Neli Mombelli também fazem parte do quadro de associados da TV OVO.

Por enquanto, é no estúdio, no making of, que veremos a produção. Depois, a TV OVO faz questão de ser um dos locais de estreia do filme, já que o cinema só existe em contato com o público.

 

FICHA TÉCNICA

Roteiro: Luciano Vieira

Direção: Victor Mosttajo

Produção: Carolina Teixeira, Dara Hamann, Jewison Cabral, Marcos Kontze, Matheus Christo e Róger Haeffner

Elenco: Paulo Tavares, Guilherme Senna e Thiago Brenner.

 

 

Academicos-participaram-de-oficina-de-iluminacao-ministrada-pelo-diretor-de-fotografia-alexsandro-pedrollo-creditos-neli-mombelli-professora-do-curso-de-jornalismo

 

 


Um dia para cantar os 20 anos e o fazer cultural


Se a TV OVO completou 20 anos na quinta-feira, 12 de maio de 2016, vale lembrar que Paulo Tavares, quem lançou nossa pedra fundamental sem nem imaginar, esteve de aniversário na terça-feira, dia 10 de maio, e Marcos Borba, outro nome cuja história se confunde com a da TV, assoprava suas velinhas no dia 14 de maio. Assim, com tantos aniversários, não havia como não comemorar em grande estilo: um palco aberto com a rua e os morros ao fundo emolduraram as apresentações de Guantánamo Groove, Pirisca Grecco e Pegada Torta, bandas que se formaram em Santa Maria para produzir cada uma a sua música, e que aceitaram subir ao palco para um público de cerca de 500 pessoas em frente ao Sobrado, todo iluminado pelo videomapping dos também santa-marienses  Fernando Krum e Fernando Codevilla.

O palco e a fachada do casarão também serviram para protestos contra o fim do Ministério da Cultura com as hashtags #ficaMinc e #lutopelacultura. A medida tomada no primeiro dia do governo interino de Michel Temer (PMDB), uma sexta-feira 13, foi considerada por aqueles que atuam no cenário cultural brasileiro como um retrocesso, tendo sido sustentada por um simples argumento de “corte de gastos”. Criado ainda no governo Sarney, O Ministério da Cultura somente teve caráter de secretaria nos anos de Fernando Collor, retirando do segmento cultural sua autonomia de gestão e o transformando em mera secretaria do Ministério da Educação.

Após a mobilização dos artistas, produtores culturais e movimentos sociais – e visando reduzir as críticas sobre seu governo – Temer voltou atrás e recriou o Ministério da Cultura no dia 21 de maio, após ter nomeado Marcelo Carneiro para secretário de cultura, passando então Marcelo ao cargo de ministro. Resta agora saber como será a gestão do Ministério.

Por William Boessio
Fotografia de Neli Mombelli


A construção do Sobrado Centro Cultural


“Quando Evandro Ribeiro mandou fazer esse casarão em 1916, exatos 100 anos, ele não sabia que estava ajudando a dar rosto, a dar fisionomia ao momento urbano da nossa cidade, ele não sabia que estava ajudando a imprimir a digital da nossa identidade e do nosso passado ferroviário. Em 1996, precisamente no dia 12 de maio, portanto há exatos 20 anos, quando Paulo Tavares reuniu um grupo de garotos lá na Vila Caramelo, ele provavelmente não sabia a extraordinária aventura que ele estava começando para retirar jovens da periferia do desalento e do desamparo e oferecendo caminhos e possibilidades para eles. Quando eu comprei essa casa aqui, eu só queria salvar um casarão da ruína. Eu não sabia que seria o ponto de conexão dessas duas histórias tão fabulosas.”

Foi com essas palavras que, em 12 de maio de 2016, o jornalista Marcelo Canellas fez da casa do poeta Evandro Ribeiro a casa oficial da TV OVO, nosso viveiro de sonhos, segundo Paulo Tavares.

Em solenidade, com a presença de  amigos, diversos produtores culturais e autoridades do município, Marcelo Canellas assinou o documento que transfere a posse do sobrado, localizado na esquina da rua Floriano Peixoto com a Ernesto Becker, para a TV OVO, que ocupava o casarão desde de 2011, quando foi acertada a parceria entre Canellas e a instituição.

Com a transferência do casarão, a TV OVO ganhou um espaço que agora pode chamar de seu, mas que também é de todo santa-mariense. Estavam presentes aproximadamente 80 pessoas para a apresentação do projeto de Restauro do Sobrado Centro Cultural,coordenado pelos arquitetos Clarissa Pereira e Daniel Pereyron que contaram com a ajuda de colaboradores que se somaram durante o período de elaboração.

O projeto apresentado prevê dois espaços. Um deles é a restauração do casarão que abrigará o museu da imagem e do som, cineclube, biblioteca do audiovisual, café cultural e espaço para exposições. O outro ambiente será um prédio, aos fundos, com salas de aulas, estúdios de TV, cinema e áudio e espaço para apresentações teatrais.

“O Sobrado Centro Cultural pode ser um espaço de reflexão e crítica ao jornalismo que é feito pelos meios tradicionais, e de novos caminhos para uma profissão que está mudando quanto à gestão de negócios, à plataformas e modos de fazer”, foram as palavras finais da fala de Marcelo Canellas.

Até o final de julho, as equipes do escritório de arquitetura Smarqs e Simultânea Engenharia trabalham nos projetos estrutural e complementares para, após esta etapa, a TV OVO iniciar a captação de recursos em leis de incentivo. Além do direcionamento de recursos por meio de mecanismos de fomento, pessoas físicas e jurídicas também pode fazer doações diretas para construção do Sobrado Centro Cultural de fato.

Por Helena Moura, Laura Boessio e William Boessio

Fotografia de Julia Machado

Assinatura da escritura de doação do imóvel.

Assinatura da escritura de doação do imóvel.