Notícias

Assista aos documentários Pains e Passo do Verde


Parte da equipe durante as gravações em Pains. Foto de Alan Orlando

 

Disponibilizamos as duas últimas produções da série dos distritos santa-marienses, produzidas entre 2014 e 2018, para acesso no YouTube. Os documentários Pains e Passo do Verde foram produzidos ano passado, e junto com os filmes sobre Santa Flora, Arroio Grande, São Valentim, Palma, Santo Antão e Arroio do Só integram o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade,  que registra a memória do município de Santa Maria.

O documentário Pains apresenta a história do distrito que surgiu em 1861, sediado em São Pedro do Sul. Localizado aos fundos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), a localidade tem crescido com o desenvolvimento de indústrias e especulação imobiliária, embora ainda com inflexão para a agricultura.

Passo do Verde é conhecido pelo seu balneário e fica no sentido Sul do município. O documentário traz diversos personagens que ajudam a compor o cotidiano do local que é marcado, para além do balneário, pela extração areeira.

Você pode assistir a playlist completa dos nosso documentários clicando aqui.

Por Thaisy Finamor


Documentário Passo do Verde será exibido na segunda-feira, na Feira do Livro


O palco do Livro Livre da 46° Feira do Livro de Santa Maria projeta o distrito de Passo do Verde em sua tela. O documentário Passo do Verde – o 6° distrito, produzido pela TV OVO, será exibido no dia 29 de abril, segunda-feira, às 19h na Feira. O filme aborda a história, o cotidiano e as principais características do distrito por meio de depoimentos de moradores da localidade. Após a exibição do filme haverá uma roda de conversa.

O documentário, que integra o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, foi produzido em 2018, e tem direção de Alan Orlando e Helena Moura, diretores estreantes. As primeiras cenas registradas foram em fevereiro, na tradicional festa de Iemanjá.  A produção contou com quase dez idas ao distrito para buscar personagens, compreender e vivenciar um pouco do cotidiano do lugar e registrar imagens. Passo do Verde, como sugere o nome, é rico em vegetação, água e areia. O território tem muita gente, histórias e lendas. As ruínas da ponte velha, que podem ser vistas da BR 392, são ícones do 6º distrito que fica ao sul de Santa Maria. No Balneário, escuta-se pássaros e bugios; na Estrada da Limeira, ouve-se a euforia das crianças; já na Estrada dos Guerra e Mato Alto tem-se a trinca do interior: pecuária, soja e arroz. Mas sabe o que há em comum nessas estradas? O som das máquinas e caminhões que carregam a maior economia do distrito – a areia. Entre sons e paisagens, constrói-se a memória e a vida da localidade.

O documentário teve financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC/SM). Além de Passo do Verde, em 2018, o projeto também registrou o distrito de Pains, encerrando a incursão realizada pela TV OVO pelos nove distritos rurais santa-marienses, iniciada em 2014.

O que: Exibição do documentário Passo do Verde, 6° Distrito
Onde: Palco Livre, Feira do Livro de Santa Maria, Praça Saldanha Marinho
Quando: 29 de abril (segunda-feira), às 19h.

Por Kamila Ruas

Raquel Lopes de Lima, moradora do Balneário Passo do Verde, faz comida caseira e vende no distrito. Ela é uma das personagens do documentário. Foto de Francine Nunes


Produção do documentário no distrito do Passo do Verde amplia a visão sobre a localidade


O mês de maio foi muito movimentado. Além do nosso aniversário, de exibições em escolas, de debates na Feira do
Livro e lançamento do livro Cronicaria, nos dedicamos à produção de mais um documentário: sobre o distrito de Passo do Verde.

Se aventurar por Passo do Verde foi um desafio para Alan Orlando e Helena Moura, pois é a primeira grande produção na posição de diretores, além de ser uma grande responsabilidade. Essa é a equipe mais jovem a fazer um documentário da série dos distritos do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade.

A motivação e o envolvimento tem dado um toque especial ao trabalho coletivo de pensar e discutir as sugestões de cada membro da equipe. Antes do início das gravações, a equipe fez a pré-produção, etapa onde os responsáveis
foram até o distrito conversar com os moradores para conhecer mais sobre o lugar e buscar os personagens. Com esse primeiro olhar sobre a história de Passo do Verde, as diárias de gravação são marcadas.

Desde a primeira gravação, em fevereiro, na procissão de Nossa Senhora dos Navegantes, algumas ideias mudaram e outras se expandiram. Embora Passo do Verde seja mais conhecido pelo balneário e pela extração de areia, há muitas outras localidades e histórias para serem exploradas, como destaca o diretor Alan Orlando: “A pesquisa sobre o distrito e as conversas com os moradores nos fizeram enxergar muitas coisas que não podemos deixar de lado, descobrimos um outro distrito através da busca e fala das pessoas.”

Ao conhecer mais sobre o distrito, ficou definido que a produção seria a partir de um olhar voltado para a observação, como destaca Alan: “Pensamos em um documentário onde não será utilizada narração, tudo é dito pelos moradores do distrito. Vamos deixar os personagens livres para contarem suas histórias e do local onde vivem.”

Para além dos depoimentos, as imagens, também em tom mais observativo, ajudarão a compor a narrativa e o registro da paisagem do distrito. Este é o penúltimo documentário da série que iniciou a incursão pelo interior de Santa Maria em 2014. No segundo semestre produziremos o último, sobre o distrito de Pains. O projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

Por Fernanda Marques

Os netos de Dona Raquel, que mudou-se para o balneário de Passo Verde em busca de tranquilidade, moram com a avó e frequentam a escola do distrito. Foto de Francine Nunes.