Notícias

O feriado do último sábado foi dia de audiovisual mobile


O sábado,21/04, amanheceu nublado e logo depois despencou água em Santa Maria, mas isso não impediu que um grupo de pessoas se reunisse para falar sobre audiovisual. Leo Roat conduziu o workshop de produção audiovisual com tecnologia mobile.

O primeiro passo foi aprender na teoria as possibilidades dos celulares e das plataformas digitais para edição, finalização e reprodução do audiovisual; o segundo foi conhecer os equipamentos que ajudam na produção, como microfones, adaptadores de lentes profissionais para celulares, tripés, estabilizador de imagem  e demais aparatos.

Em função da chuva, a parte prática que seria na rua foi transferida para o dia 27 de maio, em princípio, um domingo à tarde. A ideia é que os participantes observem a sua volta e captem impressões pelas lentes de seus aparelhos, para depois exercitarem a edição e finalização dos filmes em aplicativos de smartphones sob a orientação de Leo.

O workshop faz parte da programação do projeto Narrativas em Movimento, que tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de santa Maria.

Por Fernanda Marques
Foto de Roger Haeffner


Luz, câmera e apostilas na mão


O mês de agosto foi agitado na TV OVO. Dentre workshops, lançamento do Cronicaria e oficinas e sessões de cinema no Noroeste gaúcho, também  começamos os encontros da oficina de produção audiovisual para alunos de escolas públicas de Santa Maria.

As atividades iniciaram na segunda-feira, 14, no Sobrado centro Cultural, com alunos que frequentam o 8° e 9° ano e o EJA do ensino fundamental, e 1º ano de ensino médio, que participaram das atividades de integração e apresentação do formato da oficina. Os estudantes são das escolas Hylda Vasconcellos, João da Maia Braga, Alfredo Winderlich, Dom Luiz Victor Sartori, Duque de Caxias, Adelmo Simas Genro e Walter Jobim.

O contato dos alunos, que tem idade entre 15 e 40 anos, com o “estranho mundo dos seres audiovisuais” segue até outubro. Cada grupo vai passar por quatro etapas dentro da produção audiovisual, tendo contato com as teorias de criação, linguagem, edição, produção e gravação de um produto. A proposta é a de que os participantes saiam com mais do que uma ideia na cabeça e uma câmera na mão: buscamos estimular um pensamento audiovisual e que todos saiam habilitados a compartilhar e a conduzir os conhecimentos em núcleos de suas escolas e ou comunidades.

A iniciativa integra o projeto Narrativas em Movimento 2017 desenvolvido pela TV OVO com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura.

Por Renan Mattos
Foto de Camila Lourenci

oficina