Notícias

Fórum Social Temático ocorre no final de janeiro


A região metropolitana de Porto Alegre será palco de discussões no Fórum Social Temático 2012 a partir do dia 24. A três semanas da abertura, nomes como MV Bill, Fito Paez e Gil já estão confirmados na agenda cultural.

A atividade está relacionada ao Fórum Social Mundial, evento que reúne diversos movimentos sociais e organizações não-governamentais desde 2001 para discutir alternativas socioeconômicas para o mundo globalizado.

Neste ano as atividades ocorrerão em Porto Alegre, São Leopoldo, Novo Hamburgo e Canoas, sendo que o Acampamento Intercontinetal da Juventude retorna para o Parque da Harmonia, na capital gaúcha.

Durante o FST 2012, diversos encontros autogestionados ocorrem nas cidades, sendo promovidos por diferentes grupos. Um desses encontros de discussão é a roda de conversa ”Criança e Consumo: os donos do cardápio infantil”. Promovido pelo E-grupo Criança e Consumo e pelo Núcleo Interdisciplinar de Doenças Crônicas na Infância, o encontro vai discutir o mundo da publicidade de alimentos direcionado ao público infantil e a realidade alimentar dos pequenos. Interessante, não?

Diversidade é o tom das discussões nas atividades do FST. Saiba mais sobre quais grupos serão oferecidos e também qual será a agenda cultural no sítio do FST 2012.

Atenção: Mudança de local da oficina Criança e consumo: os donos do cardápio infantil – será no dia 25 de janeiro, às 9h, no Memorial do Rio Grande do Sul – Térreo – Praça da Alfândega.

um portal para todos


No dia 13 de maio ocorreu o lançamento do Portal para os Clubes Sociais Negros do Brasil, data em que o Clube Afro-Ferroviário Treze de Maio de Santa Maria completou 108 anos.

A TV OVO esteve presente no lançamento e gravou depoimentos sobre várias temáticas atuais relacionadas ao movimento negro, como música, dança, religião e história.

Confira abaixo e deixe sua opinião:

[youtube zkiQ8g3y9-U]


Criação da Lei Cultura Viva em discussão


No dia 25 de maio será realizada uma Marcha Nacional em Brasília. Com início às 8h, a marcha irá contar com representantes de Pontos de Cultura de todas as regiões do país. O motivo da mobilização é a criação da Lei Cultura Viva, que está relacionada a agentes que já trabalham no Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania – CULTURA VIVA, criado em 2005 pelo Ministério da Cultura. Saiba mais sobre os objetivos do Programa Cultura Viva:

1 – Ampliar e garantir o acesso aos meios de fruição, produção e difusão cultural;

2 – Identificar parceiros e promover pactos com diversos atores sociais governamentais e não-governamentais, nacionais e estrangeiros, visando um desenvolvimento humano sustentável, tendo na cultura “a principal forma de construção e de expressão da identidade nacional, a forma como o povo se reinventa e pensa criticamente”;

3 – Incorporar referências simbólicas e linguagens artísticas no processo de construção da cidadania, ampliando a capacidade de apropriação criativa do
patrimônio cultural pelas comunidades e pela sociedade brasileira como um todo;

4 – Potencializar energias sociais e culturais, dando vazão à dinâmica própria das comunidades e entrelaçando ações e suportes dirigidos ao desenvolvimento de uma cultura cooperativa, solidária e transformadora;

5 – Fomentar uma rede horizontal de “transformação, de invenção, de fazer e refazer, no sentido da geração de uma teia de significações que nos envolve a todos”;

6-Estimular a exploração, o uso e a apropriação dos códigos de diferentes meios e linguagens artísticas e lúdicas nos processos educacionais, bem como a utilização de museus, centros culturais e espaços públicos em diferentes situações de aprendizagem e desenvolvendo uma reflexão crítica sobre a realidade em que em que os cidadãos se inserem;

7-Promover a cultura enquanto expressão e representação simbólica, direitos e economia;

8-Promover políticas públicas de mobilização e encantamento social.


Para saber mais: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N8759http://pontosdecultura.org.br/post_tag/lei-cultura-viva/ e http://culturadigital.br/leiculturaviva/


Uma história de 15 anos


A Oficina de Vídeo TV OVO é um projeto que foi idealizado na Vila Caramelo, na região oeste de Santa Maria.

Tudo começou quando Paulo Tavares, entusiasta do cinema, propôs uma oficina de realização audiovisual em conjunto com a Associação Comunitária da Vila Caramelo. Esse foi o ponto inicial, e a partir de então, 20 oficinas foram realizadas, atingindo um público de mais de 500 jovens de toda a cidade. Entre os objetivos das oficinas está o de fazer com que eles não sejam somente telespectadores, mas sim, protagonistas do relato de suas histórias. O que no princípio tinha apenas a proposta de mostrar a realidade e a cultura das várias comunidades dos jovens santa-marienses, tornou-se um meio de comunicação comunitário.

Durante nossa trajetória, desenvolvemos diversas atividades no campo da cultura e da comunicação. Participamos de cineclubes, realizando exibições itinerantes e discussões sobre o audiovisual; co-produzimos o programa Povo Gaúcho, da TVE-RS; desenvolvemos o projeto TV OVO no Ônibus, no ar há 10 anos e que ganhou o Prêmio Mídia Livre; somos Ponto e Pontão de Cultura por meio de edital do Ministério da Cultura; participamos de coberturas colaborativas; desenvolvemos projetos educacionais; e realizamos documentários que resgatam a memória e a identidade de Santa Maria, o que nos rendeu o prêmio Cultura Viva.

A ideia que envolvia protagonismo juvenil e audiovisual gera frutos – hoje temos 15 anos e uma grande bagagem que forma uma teia de histórias de vida, audiovisual e cultura.

Conheça um pouco mais sobre nossa história:

[youtube 51pTsgxQK0A nolink]


especial: programação do mês de maio – 15 anos TV OVO


O mês de maio está chegando e o nosso aniversário de 15 anos também. Iremos comemorar a data com um mês repleto de atividades envolvendo o mundo do audiovisual, da diversidade cultural e da comunicação comunitária.

Iremos começar o mês com a presença do jornalista formado pela UFSM Marcelo Canellas. A partir de contato estabelecido através da TV OVO, Canellas participará do espaço Livro Livre, atividade da Feira do Livro de Santa Maria, no dia 2 de maio.

De terça, dia 3, até sexta, dia 6, iremos fazer exibições de audiovisuais na frente do Banrisul, na boca da Praça  Saldanha Marinho.

No dia 12 de maio iremos ter espaço na Tribuna Livre, na Câmara de Vereadores de Santa Maria e, a partir das 17h, iremos fazer uma recepção em nossa sede, na Casa de Cultura de Santa Maria.

Para comemorar nossos 15 anos com rock´n´roll, faremos uma festa no sábado, dia 14, na Boate do DCE. A festa é garantida com as bandas santa-marienses Vintage e Rinoceronte. Como sempre, universitários com carteirinha não pagam.

Várias comunidades, como Nonoai e Vila Oliveira, poderão participar de exibições itinerantes de audiovisuais entre os dias 16 e 20 de maio.

E para finalizar, no dia 23 de maio começam as oficinas de produção audiovisual na Escola Castro Alves, na Vila Oliveira. As oficinas irão durar três meses e ocorrerão em mais duas escolas públicas do município.

Confira abaixo mais detalhes sobre a programação especial de 15 anos da TV OVO

O mês de festa é nosso e de todas as comunidades de Santa Maria, então, participe à vontade:


vivências brasileiras


Já está disponível na rede o livro Inclusão Digital – Vivências Brasileiras, de Maurício Falavigna. A obra fala sobre o processo de elaboração das oficinas para inclusão digital, assim como da ascensão dos telecentros.br, política pública do governo que tem tudo a ver com a inclusão digital.

O autor promete uma abordagem diferenciada e uma leitura clara e bastante leve. A obra, enquadrada pela Lei de Incentivo à Cultura, Lei Rouanet, foi financiada pelo Dataprev – Empresa de
Tecnologia e Informações da Previdência Social e teve sua execução realizada pelo IPSO – Instituto de Pesquisas e Projetos Sociais e Tecnológicos.

Para baixar o livro é só clicar aqui.