Notícias

Inscreva-se no workshop de capacitação para a Lic/SM


O período para submeter projetos ao edital da Lei de Incentivo à Cultura (Lic/SM) abre nesta segunda-feira (02) e se encerra no dia 18 de outubro. Entendendo a importância sobre o funcionamento do processo de elaboração, inscrição, aprovação, captação de recursos e gestão e prestação de contas , realizaremos o Workshop de Capacitação para a Lic/SM no dia 11 de outubro, quarta-feira, às 14h, na nossa sede.

A atividade terá duração de quatro horas e é voltada para artistas, produtores e agentes culturais que buscam  conhecer as normativas da Lic e tirar dúvidas. As vagas são gratuitas e limitadas (20). A seleção será feita por ordem de inscrição. Inscreva-se até dia 9 de outubro neste formulário.

O workshop é ministrado pela atriz e colaboradora da TV OVO, Denise Copetti, que atua há mais de 10 anos como empreendedora cultural na cidade. Denise é uma participante direta e ativa das artes cênicas e do audiovisual em Santa Maria, onde já integrou a Comissão Organizadora do Santa Maria Vídeo e Cinema e do Festival de Teatro Santa Cena.

O Workshop é uma contrapartida do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade 2017, financiado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Informações a respeito do edital da Lic/SM 2018 no site da prefeitura municipal.

Por Camila Lourenci

licsm


O audiovisual e a memória dos distritos: exibição dos documentários sobre Santo Antão e São Valentim


Após os lançamentos dos documentários sobre os distritos de São Valentim e Santo Antão na Feira do Livro, os distritos estão recebendo as sessões de exibição das obras.

Hoje, São Valentim vai poder acompanhar as histórias contadas pela nossa equipe no documentário sobre o distrito. A sessão será às 15 horas, na Escola Municipal José Paim de Oliveira.

Na última quarta-feira (31), foi apresentado o documentário na comunidade de Santo Antão. Cerca de 20 pessoas acompanharam as histórias sobre o monge heremita Giovanni Maria de Agostini, sobre a salgadeira na passagem dos jesuítas, os percalços com as condições estrada e o potencial turístico que o distrito possui para diversos esportes radicais. Após a sessão, os moradores puderam conversar com o diretor Marcos Borba sobre o processo de produção da obra.

A moradora de Santo Antão, Svami Palmeira Rezes, acompanhou atenta as imagens na tela e até se surpreendeu com algumas das histórias contadas sobre o distrito em que mora há mais de dez anos: “uma experiência muito boa, por que tem coisa que a gente nem sabia, tem coisas que foram novidade pra mim”, conta a professora aposentada.

Os dois documentários, produzidos durante 2016, integram o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que iniciou em 2008, que registra e mantém viva as histórias que permeiam os distritos, bairros e ruas de Santa Maria. Além disso, é nosso compromisso levar o audiovisual até as comunidades para fomentar as produções e levar adiante o conhecimento sobre os locais por que passamos. O projeto tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria e recebeu, em 2013, o Prêmio Ponto de Memória, do Instituto Brasileiro de Museus em reconhecimento ao trabalho que desenvolvemos.

São Valentim - Sinopse

Foi pelas rodas das carretas que passavam pela região que o desenvolvimento chegou a Santa Maria. Onde hoje se localiza a sede do distrito de São Valentim, carreteiros faziam paradas para descanso na sombra, davam água aos bois e seguiam viagem. Vindas principalmente de São Gabriel, Rosário do Sul e Alegrete, as carretas foram as responsáveis, durante muito tempo, pela manutenção do ciclo econômico do município. Este documentário traz recortes dessas histórias que começam por volta de 1900, com a construção da casa da “esquina dos Toniolo” – o famoso ponto de encontro dos carreteiros – e que até hoje são parte da memória dos moradores não querem perder suas raízes.

Texto e foto por Renan Mattos

santo antao foto renan

Exibição na Capela de Santo Antão, num dia de muita chuva e frio.


Documentário Arroio Grande está nas as redes


O documentário sobre o distrito de Arroio Grande, parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, agora está disponível no nosso canal no Youtube. O filme de 31 minutos foi financiado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria e já foi exibido na escola e na igreja de Arroio Grande, em Boca do Monte, no Centro de Artes e Letras (Cal) da UFSM e na nossa sede.

“Quando a gente faz um documentário, a intenção é que ele seja exibido para o maior número de pessoas possível. Assim se cumpre também uma função do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que é a divulgação do documentário”, comenta Denise Copetti, produtora do filme. O documentário, produzido no ano passado, foi dirigido por Paulo Tavares e conta a história do local, as origens de seu nome e traz relatos de seus moradores.

Sinopse:

Uma região de várzea cercada por morros, com rico manancial hídrico desenha os contornos do distrito de Arroio Grande. Entre 1850 e 1880, migrantes vindos da Alemanha e Itália dão início ao desafio de alicerçar e povoar a nova colônia. Com afinco, união e devoção, os italianos abrem picadas, vencem as adversidades, plantam suas raízes e projetam seus valores e costumes. Nas últimas décadas a miscigenação ganha campo e as propriedades rurais transformam-se em espaços de lazer. Hoje, a produção hortigranjeira e a indústria cuteleira revezam a missão de alavancar a economia local.

Por Nicoli Saft


Cartaz Arroio Grande


Bate-papo, audiovisual e uma turma


Na sexta-feira, 08 de abril, ocorreu o primeiro colóquio do projeto Narrativas em Movimento que celebra nossos 20 anos em 2016. Audiovisual/RS: cenários atuais contou com o montador e roteirista gaúcho Giba Assis Brasil, o diretor e produtor colombiano Juan Zapata e a representante da Garibaldi Film Commission,  Ivane Fávero. O bate-papo foi mediado pelo jornalista e nosso associado Marcos Borba.

O galpão lotou com a presença de estudantes, professores, integrantes de setores culturais da cidade e membros da comunidade apaixonados por cinema. O colóquio teve cerca de três horas de duração com um diálogo cheio de experiências e novas aprendizagens trocadas entre público e convidados.

A secretária de Turismo e Cultura de Garibaldi/RS, Ivane Fávero, contou um pouco sobre a experiência de captação e produção audiovisual da Film Commission da sua cidade. Ela comentou sobre a importância do cinema para o fomento cultural e também como incentivador e movimentador do turismo local. Na mesma tarde do colóquio, teve um seminário que reuniu as Film Commissions do Estado.

Juan Zapata e Giba Assis Brasil falaram sobre suas vivências pessoais contrapondo com vários aspectos importantes da produção cinematográfica nacional e internacional. A conversa também contou com um panorama do cenário cinematográfico brasileiro, assim como a necessidade de pensar na distribuição e circulação do que vem sendo produzido. O debate, que tem incentivo da LIC/SM, se estendeu para a área de políticas públicas e a organização para captação de recursos para o financiamento das obras. Uma das frases mais ditas é que geralmente “cinema se faz com a nossa turma”.

E para encerrar a noite, foi aberto espaço para o público presente questionar e/ou acrescentar à discussão. Ao final, ficou a alegria do encontro, o conhecimento e a certeza de que esse tipo de debate com a comunidade sempre nos enriquece.

Por Helena Moura, Renan Mattos e Julia Machado

nem02

 

nem01


Inscrições para oficina de produção executiva e oficina de storyboard para ficção


Além de debates, a programação do projeto Narrativas em Movimento conta com oficinas. Temos duas previstas para o mês de abril:

09/04 – Oficina de produção executiva

Com Álvaro de Carvalho Neto - Possui vasta experiência como produtor de cinema e televisão, tendo passado  por canais como Globo e Multishow. Entre seus trabalhos de referência em Santa Maria está  a produção e a produção executiva do longa-metragem “Manhã Transfigurada”, dirigido por Sérgio de Assis Brasil.

Carga horária: 6h (das 9h ao meio-dia e das 14h às 17h)
30 vagas, com emissão de certificado
Inscrições e pagamento até  08 de abril AQUI.
Conteúdo programático
Produção Executiva – (Programa 1º Turno)
a) Aspectos da Produção Executiva Audiovisual
b) Etapas da Produção e ações executivas
c) Formas de Financiamentos
d) Prestações de Contas e Contrapartidas

Comercialização – (Programa 2º Turno)
a) Festivais
b) Documentos e registros para a Comercialização de Obras Audiovisuais
c) Suportes de distribuição e comercialização
d) Lançamento comercial

16 e 17/04 – Oficina de storyboard para ficção
Com Thiago Krening – Ilustrador e designer gráfico graduado pela UFSM. Especialista em cinema pela Unifra. Mestre em design pela UFRGS. Produtor gráfico na Fundação Piratini – TVE e FM Cultura.
Carga horária: 12h
Sábado – das 8h ao meio-dia e das 14h às 18h
Domingo – das 8h ao meio-dia 15 vagas, com emissão de certificado
Inscrições até 15 de abril AQUI.

Conteúdo Programático
Teoria sobre criação em storyboard
Prática de storyboard de ficção
Conceitos básicos de elaboração de storyboard.

As oficinas são abertas à comunidade e tem custo integral de R$60,00 e R$30,00 para estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens de 15 a 29 anos comprovadamente carentes (conforme lei 12.933/2013) .

O local de realização será em nossa sede, na Rua Floriano Peixoto, 267, esquina com a Rua Ernesto Becker. O projeto tem apoio da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

Pagamento da inscrição
Depósito na conta da Oficina de Vídeo – TV OVO
Caixa Econômica Federal/Agência 0501/op 003/Conta 3173-7
Envie o comprovante de depósito por e-mail (tvovo@tvovo.org)

Ou na sede da TV OVO – Floriano Peixoto, 287
De segunda a sexta-feira, das 14h às 17h, com Heitor Leal

Para quem pagar metade
Estudantes – enviar comprovante de matrícula e documento com foto para tvovo@tvovo.org
Idosos – enviar cópia/foto do RG para tvovo@tvovo.org
Jovens carentes – enviar comprovante de cadastro no CadÚnico para tvovo@tvovo.org

 

Manuela do Monte no filme Manhã Transfigurada

Manuela do Monte no filme Manhã Transfigurada


Primeiras exibições dos documentários Boca do Monte e Arroio Grande


Nesse mês de março, estamos realizando as primeiras exibições dos documentários Boca do Monte e Arroio Grande. No dia 10 de março, lançamos os dois documentários na sede da TV OVO para cerca de 40 espectadores na “Sessão Especial: Te Esperamos com Pipoca”, quando  também apresentamos a nossa nova identidade visual e o calendário de eventos em comemoração aos  nossos 20 anos.

Na sequência, no domingo dia 13, fomos à Boca do Monte realizar uma sessão ao ar livre, no campo de futebol do São Caetano, bem no centro do distrito. Lá, cerca de 100 pessoas assistiram ao documentário, em sua maioria, moradores do lugar.

E nesta semana exibiremos Arroio Grande no próprio distrito. A sessão será na quarta-feira, 23/03, às 19h, na Escola Estadual de Ensino Fundamental Arroio Grande. Os dois documentários fazem parte do Projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade 2015 e tem o financiamento da lei de incentivo à cultura de Santa Maria.

Por William Boessio

Exibição em Boca do Monte

Exibição em Boca do Monte