Notícias

Luz, câmera e apostilas na mão


O mês de agosto foi agitado na TV OVO. Dentre workshops, lançamento do Cronicaria e oficinas e sessões de cinema no Noroeste gaúcho, também  começamos os encontros da oficina de produção audiovisual para alunos de escolas públicas de Santa Maria.

As atividades iniciaram na segunda-feira, 14, no Sobrado centro Cultural, com alunos que frequentam o 8° e 9° ano e o EJA do ensino fundamental, e 1º ano de ensino médio, que participaram das atividades de integração e apresentação do formato da oficina. Os estudantes são das escolas Hylda Vasconcellos, João da Maia Braga, Alfredo Winderlich, Dom Luiz Victor Sartori, Duque de Caxias, Adelmo Simas Genro e Walter Jobim.

O contato dos alunos, que tem idade entre 15 e 40 anos, com o “estranho mundo dos seres audiovisuais” segue até outubro. Cada grupo vai passar por quatro etapas dentro da produção audiovisual, tendo contato com as teorias de criação, linguagem, edição, produção e gravação de um produto. A proposta é a de que os participantes saiam com mais do que uma ideia na cabeça e uma câmera na mão: buscamos estimular um pensamento audiovisual e que todos saiam habilitados a compartilhar e a conduzir os conhecimentos em núcleos de suas escolas e ou comunidades.

A iniciativa integra o projeto Narrativas em Movimento 2017 desenvolvido pela TV OVO com financiamento da Lei de Incentivo à Cultura.

Por Renan Mattos
Foto de Camila Lourenci

oficina


Workshop sobre o som no audiovisual?! Tivemos!


Nos dias 12 e 19 de agosto, realizamos o workshop “o som no audiovisual” no Sobrado Centro Cultural. Ministrado pelo músico e compositor Márcio Echeverria Gomes, a oficina tratou sobre os diferentes contextos em que o som se insere nas produções, mostrando que é preciso ter planejamento e muito zelo aos detalhes para alcançar um resultado sonoro de qualidade.

Na oficina foi possível aprender sobre detalhes teóricos, os equipamentos empregados na captação do som direto, os softwares utilizados para tratamento e mixagem, o poder da trilha sonora como fio condutor da narrativa, entre outras técnicas. O espectador muitas vezes não consegue perceber a complexidade e os pormenores que envolvem o desenho de som. Eventos como o workshop são uma grande oportunidade de ter contato e dialogar com profissionais que trabalham com audiovisual, além de adquirir novos conhecimentos para qualificação.

Márcio Echeverria incentiva a todos a “colocarem a mão na massa” como melhor método de aprendizado.  Pensando nisso, houveram exercícios práticos de foley, em que os participantes deveriam criar efeitos sonoros para um vídeo de animação. Coletivamente, foram gravados sons utilizando objetos que estavam nas redondezas e que os participantes avaliaram oportunos para a tarefa.  Na segunda etapa, depois da gravação, eles deveriam, com auxílio do software que desejassem, sincronizar os efeitos sonoros com o vídeo.

O workshop “O som no audiovisual” foi mais uma atividade do projeto Narrativas em Movimento 2017, que conta com o financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria. Fique ligado em nosso site e redes sociais para as próximas oficinas!

Por Alan Orlando
Foto de Heitor Leal

som no audiovisual


Visita de pré-produção em Boca do Monte


No mês de maio, a equipe da TV OVO viajou com destino ao distrito de Boca do Monte, no interior de Santa Maria. O percurso, permeado por estradas de chão batido, terra vermelha e muito verde, faz parte do momento de pré-produção do documentário que será realizado sobre o distrito. O novo trabalho pertence ao Projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que é financiado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM).

Ao chegar na localidade, que fica na região oeste de Santa Maria, os membros da TV OVO conversaram com os moradores em busca de histórias de vida e da recuperação da memória local. Num primeiro momento, a equipe conversou com as pessoas que vivem a mais tempo em Boca do Monte para saber sobre o surgimento do local, sobre as mudanças que ocorreram ao longo do tempo e, também, sobre a história que viveram ali.

Dispostos, e com tratamento afetuoso, os moradores receberam a TV OVO em suas casas para conversar. O respeito e a recepção tornaram as conversas agradáveis, proporcionando risos e troca de saberes. Em Boca do Monte, a simplicidade das pessoas e a natureza sempre presente são características que chamam a atenção de quem visita o local. No fim da tarde, um exuberante pôr do sol entre árvores e morros anunciava que era a hora de voltar para casa.

Confira o vídeo produzido durante a visita ao distrito.

Texto por Cibele Zardo

Pré Boca do Monte


Dois projetos da TV OVO são aprovados na LIC-SM 2015


A TV OVO está com dois projetos aprovados na Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria (LIC-SM): o Por Onde Passa a Memória da Cidade e o Cena Cultural SM. A divulgação ocorreu na manhã desta segunda-feira, 22.

Na sua sexta edição, o Por Onde Passa a Memória da Cidade produzirá, ao longo de 2015, dois documentários, um sobre o distrito de Boca do Monte e outro sobre Arroio Grande. Desde 2008, o projeto leva à telinha memórias que ajudam a contar a história de Santa Maria e como o município se constitui hoje.

Os documentários sobre os distritos tem como foco a história de formação, as principais características sociais e culturais, seu povo e seus costumes. O documentário Arroio do Só, lançado este ano pela TV OVO, é a primeira produção da série que enfoca os distritos de Santa Maria.

O projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade recebeu, em 2010, o Prêmio Cultura Viva, do Ministério da Cultura,  e em 2013, a iniciativa também recebeu o prêmio Ponto de Memória pelo IBRAM – Instituto Brasileiros de Museus, para melhorar o acesso e a fruição das produções deste projeto. O valor aprovado para rodar o projeto em 2015 é de R$ 45.400,00.

A série Cena Cultural SM prevê 10 episódios audiovisuais sobre os segmentos artísticos de Santa Maria: teatro e circo; dança; música; tradição e folclore; culturas populares; livro e literatura; audiovisual – cinema e vídeo; artes visuais (artes plásticas, fotografia, artes gráficas); artesanato; memória e patrimônio histórico, artístico e cultural. A proposta é produzir vídeos que tratem da história desses segmentos culturais, que mostrem a sua importância, falem de suas principais atividades e de como estão inseridos no cenário cultural da cidade. O valor aprovado para rodar o projeto em 2015 é de R$ 35.214,00.

Apoie a cultura

Um projeto só se torna realidade se ele consegue captar os recursos necessários para a sua execução. Pessoas físicas e jurídicas podem apoiar projetos culturais aprovados na LIC-SM.

A doação pode ser feita por qualquer pessoa, desde que não possua dívida ativa no município, destinando até 30% do valor do seu IPTU (que deve ser pago em cota única), ISSQN ou ITBI.

Existe também a modalidade patrocínio,  na qual o contribuinte desembolsa mais 10% sobre o valor do apoio e tem o direito de divulgar sua marca junto ao projeto.

Para apoiar, entre em contato com a TV OVO.

Contatos:

tvovo@tvovo.org

(55) 3026 3039 ou (55) 9104 9166 (Denise Copetti – captação)

lic


TV OVO grava histórias na Vila Caramelo


Neste sábado, 04 de agosto, o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade monta seu set na Vila Caramelo. A equipe da TV OVO estará no salão da paróquia São João Evangelista (Rua Rosa Branca, nº 180) gravando a história de pessoas da comunidade. Todos estão convidados a participar. Serão selecionadas cinco histórias a serem gravadas a partir das 15h. Essas histórias irão compor o acervo Memórias da TV OVO, que ficará à disposição da comunidade na Biblioteca do Audiovisual Sérgio de Assis Brasil.

Às 18h, haverá uma sessão cineclubista no mesmo local. Serão exibidos os documentários Qu4tro Mistérios do Rosário (sobre o bairro Nossa Senhora do Rosário) e Trilhos do Itararé (sobre o bairro Itararé), e os minidocumentários No Meu Tempo. Estes documentários de curta metragem contam a história de ‘personas’ de Santa Maria, como a Ir. Lourdes, uma das realizadoras da Feicoop, Seu Augusto, proprietário do tradicional Restaurante Augusto, Mestre Setembrino, músico da cidade, e Humberto Gabbi Zanata, escritor e compositor.

Essas atividades fazem parte da iniciativa Por Onde Passa a Memória da Cidade 2012, financiado pela Lei de Incentivo à Cultura (Lic) de Santa Maria, que prevê a realização de 10 sessões cineclubistas e a gravação de 50 histórias de cidadãos santa-marienses em 10 localidades da cidade. O próximo local a ser montado o set do projeto é na Cohab Fernando Ferrari.

O que: gravações e exibição cineclubista do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade
Quando: sábado, 04 de agosto, a partir das 15h
Onde:
Vila Caramelo – Rua Rosa Branca, nº 180