Notícias

Oficina de autodeclaração de ponto de cultura


Declare-seu-ponto-de-cultura-
Você sabia que entidades e coletivos culturais podem se autodeclarar pontos de cultura?
Na quarta-feira, dia 06/04, a assessora técnica da Secretaria da Cidadania e Diversidade Cultural, do MinC, Leila Betim, estará na TV OVO para ministrar uma oficina para as iniciativas que quiserem realizar sua autodeclaração. A atividade será às 19h.
O que isso significa na prática?
Conforme o MinC, “o reconhecimento garante a essas entidades uma chancela institucional importante para a obtenção de apoios e parcerias e permite ainda que elas se articulem com os outros pontos da rede a partir de afinidades temáticas ou do pertencimento a um determinado território. O cadastro possibilita ainda o acompanhamento permanente das atividades desenvolvidas pelo Ministério, assim como de editais e eventuais articulações.”
A autodeclaração está diretamente ligada com as políticas da Lei Cultura Viva.
 Por Neli Mombelli

Em pauta a Lei Cultura Viva RS


Durante a 11ª Feira Latino-Americana de Economia Solidária e a 22ª Feira Internacional do Cooperativismo, foi realizado, em Santa Maria, o I Seminário Lei Cultura Viva RS. Durante o evento, que contou com a participação de mais de 40 pessoas, os participantes debateram sobre a implementação da Lei 14.663/2014 que foi sancionada em 30 de dezembro do ano passado.

Acerca da lei, discutiu-se o cadastro de Pontos de Cultura, Comitê Gestor e o Objeto Financeiro da Política Estadual Cultura Viva RS. Além dos debates, o público presente também participou de uma oficina sobre os editais do Ministério da Cultura para Pontos de Cultura Indígena, Pontos de Mídia Livre e Redes, conduzida pela Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural.

Esse foi o primeiro de um total de seis seminários previstos no Rio Grande do Sul, que é o único estado brasileiro a ter uma Lei Cultura Viva estadual.

Seminário Lei cultura viva rs


Seminário Lei Cultura Viva RS em Santa Maria


Neste, sábado, 11 de julho, será realizado o I Seminário Cultura Viva RS durante a 11ª Feira Latino Americana de Economia Solidária e 22ª Feira Internacional do Cooperativismo. A atividade é organizada pela representação da Região Centro na Comissão RS e pela TV OVO para compor o Comitê Gestor da Política Cultura Viva Estadual, conforme prevê a lei 14.663.

Estão convidados os Pontos de Cultura e todos fazedores de cultura interessados na Cultura Viva, mais a Secretaria Estadual de Cultura, a Representação Regional Sul do MINC, a Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa e o CODIC FAMURS, que com as indicações da Comissão RS dos Pontos de Cultura comporão o Comitê Gestor.

Cabe lembrar que no dia 30 de dezembro de 2014 foi sancionada no Rio Grande do Sul a Lei Cultura Viva RS, sendo esta a primeira Lei Cultura Viva em um Estado. E antes, em julho de 2014 , a Lei Cultura Viva Nacional foi sancionada pela Presidência da República.

Programação do Seminário Lei Cultura Viva RS – Santa Maria

08:30 – Credenciamento

09:00 – Mesa de Abertura

09:45 – Apresentação da Política Estadual de Cultura Viva – Lei Nº 14.663, de 30/12/2014.

11:15 – Exibição do documentário “Ao Sul de um Movimento” 40min – Direção Priscila Costa, Produção Pontão de Cultura FOCU/TV OVO.

12:00 – Intervalo para almoço

14:00 – Intervenção do Grupo Ginga Bale – Grupo de Dança Afro Brasileira.

14:10 – Grupos de Trabalho: cadastramento, Comitê Gestor, objeto de financiamento

16:00 – Oficina Editais do Ministério da Cultura

18:00 – Encerramento

 

Banner seminário lei cultura viva