Notícias

Inscrições abertas para o workshop Dirigindo a imagem: expressão e técnica na cinematografia


Seguimos com algumas de nossas atividades nesse período pandêmico e trazemos o workshop Dirigindo a Imagem: expressão e técnica na cinematografia, que será ministrado pelo diretor de fotografia Pedro Rocha. Os encontros serão nos dias 14, 15 e 16 de setembro (segunda, terça e quarta-feira), das 19h às 21h. O workshop será totalmente online, pela plataforma Zoom e gratuito, com 20 vagas disponíveis.

As inscrições podem ser realizadas até o dia 13 de setembro, domingo, pelo formulário no Sympla. Para receber o certificado de participação é necessário estar presente, no mínimo, em 2 dias de atividade. O workshop é direcionado para aqueles que já tem alguma experiência na área, a nível intermediário. Abaixo o conteúdo proposto para esses três dias de encontro:

  • Teoria da Imagem: a construção da imagem; composição visual, o espaço da tela -2D e 3D; linguagem das formas, o controle do olhar
  • Evolução dos formatos e tecnologias do vídeo
  • Anatomia da câmera: diferentes modelos e características
  • Sensor digital: tamanho, resolução, latitude, sensibilidade, global/rolling shutter
  • Óptica: bocais, modelos de lentes, profundidade de campo, lentes e perspectiva, lentes e movimento
  • Fundamentos técnicos da cinematografia: iso, obturação, temperatura de cor e diafragma
  • Codecs e compressão de imagem, gamma, log, lut e raw
  • Exposição: fatores de exposição para o vídeo, controle da exposição, escala EV.

Sobre Pedro Rocha

Pedro é diretor de fotografia e fotógrafo formado em Jornalismo pela UFSM (2003). Foi diretor e fotógrafo por 5 anos no núcleo digital da produtora Film Planet em São Paulo. Como freelancer, na área de publicidade, já realizou trabalhos de direção de fotografia para clientes como Netflix Brasil, Samsung, Nestlé, Bradesco, Honda e Toyota. Durante o ano de 2015, trabalhou como diretor e fotógrafo no núcleo de inovação e linguagem do Grupo RBS. Em 2018 foi professor de Direção de Fotografia na pós em Produção Fotográfica e Audiovisual da Unisc.

Entre suas produções como diretor de fotografia estão os documentários “The Communication (R)evolution” (2013), Depois do Fim (2017) e as minisséries: “Oxigênio” (2014), Paralelo 30 (2017), Retratos do Cárcere (2017), SemprePoa (2018) e Sagrados e Profanos (2018). Foi co-diretor de fotografia no longa-metragem “Central” (2016).

Entre as premiações recebidas está o “Troféu Cineclube”, homenagem do Movimento Cineclubista Brasileiro pela contribuição à linguagem e ao desenvolvimento da cultura audiovisual, o “Troféu Vento Norte”, destaque dos 15 anos do Santa Maria Vídeo e Cinema, e o Kikito de melhor fotografia com o curta-metragem “Telentrega” no 45º Festival de Cinema de Gramado.

A atividade faz parte do projeto Narrativas em Movimento 2020, financiado pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria – LIC/SM.

Por Lívia M. Oliveira


Os personagens trabalhadores


No dia da madrugada mais fria do ano, o sol esquentou a tarde de Santa Maria. A praça Saldanha Marinho, local onde ocorre a Feira do Livro da cidade, ficou repleta de visitantes. A terça-feira foi diferente de um dia da semana qualquer, já que diversas pessoas aproveitaram o dia com temperaturas amenas para um passeio ao ar livre, além de curtirem o feriado do Dia do Trabalhador.

Perto da praça de alimentação, uma estrutura para teatro foi montada para que uma apresentação com fantoches fosse realizada para as crianças – o que não impediu os adultos de também gargalharem com as peripécias do ”Contos da Carrocinha”. Os leitores curiosos puderam passear pelas duas dezenas de bancas de livros, que percorrem o começo do Viaduto do Berh até a frente da Casa de Cultura de Santa Maria.

O feriado do Dia do Trabalhador, que para muitos fez parte de um descanso prolongado, colaborou para que o local se enchesse de visitantes. Muitos trabalhadores estavam aproveitando o dia em família. Outros, no entanto, estavam trabalhando. Atores, pipoqueiros, cozinheiros, varredores de rua, livreiros e tantas outras profissões não tiraram o dia de folga.

Assim como esses trabalhadores, outros personagens que trabalham estão presentes nas histórias à venda na Feira do Livro. A TV OVO, querendo homenagear os trabalhadores, perguntou a alguns frequentadores da Feira do Livro quais eram os personagens trabalhadores que eles mais gostavam.

Quando questionado sobre algum personagem que seja trabalhador, o estudante de Filosofia na UFSM Leonardo Coser logo disse: Josef, de ”O processo”. O livro escrito por Franz Kafka conta a história de um bancário, funcionário exemplar, que é denunciado e chamado para ser interrogado. O livro foi lançado em 1925 e já foi adaptado para o cinema. Laura Wottrich, professora de Comunicação em um curso técnico, lembrou de um livro escrito por Ecléa Bosi, onde a autora escreve as memórias de diversos aposentados. Lá, são rememoradas diversas profissões, como empregadas domésticas e jardineiros.

Flávio Nardy, mestrando em História na UFSM, embora não esteja lendo muitos livros de literatura atualmente, lembra de vários personagens trabalhadores. O estudante diz que seu preferido é o livro ”O herege”, escrito por Jack London. O norte-americano fala sobre a desvalorização do homem trabalhador. Flávio também cita o livro que reúne diversos contos do gaúcho Josué Guimarães, O Gato no Escuro, onde há a história de um trabalhador rural que se envolve em um assassinato durante uma ocupação de terras.

O Dia do Trabalhador teve início no final do século XIX como forma de reivindicação para que houvesse a redução da jornada de trabalho para 8 horas, garantia que é acordada até os dias atuais.

Na Feira do Livro você pode encontrar os livros citados na matéria e, caso não tenha, pode encomendar com o livreiro. O evento continua até o dia 13 de maio, domingo. 

Texto e fotos: Júlia Schnorr



workshop apresenta as novas linguagens da fotografia


Alessia Rollo, fotógrafa italiana, chega em Santa Maria para trabalhar em seu workshop as novas linguagens da fotografia. Buscando focar os gêneros fotográficos ao longo das décadas, o curso vai dar uma atenção especial à produção contemporânea.

Se interessou?

Saiba mais:

Quando: 27 e 28 de julho de 2011
Horário: 19 a 22 horas
Onde: Bacchus Hall – Espaço de Eventos
Fone de contato: 55 9620-9114 (Paulo Teixeira)
Investimento: R$ 50
Palestrante: Alessia Rollo (www.alessiarollo.com)

Para fazer sua inscrição e saber mais sobre o evento, clique aqui.


fotografa ou escreve? mostre seu trabalho!


Faz fotografia, seja de forma amadora ou profissional? Escreve poesia, crônica ou contos? Chegou o momento de se inscrever no XXXIII CONCURSO FOTOGRÁFICO CIDADE DE SANTA MARIA 2011. As inscrições seguem até o dia 30 de junho, mas não deixe para a última hora!

Saiba aqui mais informações.

CRONOGRAMA

Inscrições: 02 de maio a 30 de junho de 2011.
Divulgação dos resultados: 20 de julho de 2011.
Premiação: 31 de agosto de 2011, na Câmara Municipal de Vereadores.