» Feira do Livro de Santa Maria – 2010

Notícias

Um pedacinho de Santa Maria exibido na Feira do Livro


O palco do Livro Livre do dia 02 de maio, na Praça Saldanha Marinho, protagonizou a exibição do documentário Palma, o 8° Distrito. Após a exibição, foi aberto um pequeno debate para o público. Surgiram dúvidas em relação a produção do documentário, o tempo que foi necessário para realizar as entrevistas entre outros questionamentos.

Dentre as pessoas que assistiram o filme estavam Tânia e Taís Viero Bezerra. Tânia morou no distrito, e sua mãe foi uma das entrevistadas documentário. Ela disse que achou o documentário maravilhoso: “ele valoriza e instiga a vontade de quem assiste ir conhecer” o distrito. Taís completa a fala de Tânia dizendo que “como a gente tem uma comunidade flutuante muito grande, as pessoas mal conhecem Santa Maria, muito menos vão conhecer os distritos”. Taís também acrescentou que o produto final é muito bom para escolas e também universidades, por ser uma oportunidade de todo este público conhecer um pouco das localidades e criarem o interesse de visitá-las.

Após o filme de Palma, foi exibido o trailler de outro documentário também produzido pela TV OVO, este falando de Santa Flora, filme que em breve será exibido na comunidade.

Ambos os filmes fazem parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade e são financiados pela Lei de Incentivo à Cultura (LIC/SM).

Por Larissa Essi

Denise Copetti conduziu o debate após a exibição do documentário. Foto de Renan Mattos


São Valentin e Santo Antão na tela da Feira do Livro


No sábado. dia 13 (sábado), penúltimo dia da Feira do Livro de Santa Maria, estaremos no palco do Livre Livre, às 19h, para lançar os documentários sobre Santo Antão (dir. Marcos Borba) e São Valentin (Dir. Jaiana Garcia). Produzidos em 2016, os documentários retratam os dois distritos santa-marienses. Pessoas, lugares, memórias, histórias e Santa Maria: uma terra multifacetada em sua constituição, com diferentes identidades e vocação para o transitório. São esses elementos que dão forma ao projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que na sua sétima edição abarca os dois filmes e tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura da cidade.

Após a exibição terá um bate-papo com os diretores. Traga seu chimarrão.

Gravação em São Vaelentin


Exibição de documentários na Feira do Livro


No próximo sábado, dia 7 de maio, como parte da programação da 43ª Feira do Livro de Santa Maria, exibiremos os documentários Boca do Monte e Cena Cultural – Livro e Literatura, na Praça Saldanha Marinho, à partir das 19h.
O documentário Boca do Monte faz parte do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que busca retratar a realidade dos distritos de Santa Maria. Segundo a diretora do documentário, Neli Mombelli, uma das características do documentário é a busca por retratar a pluralidade das diversas facetas identitárias do lugar a partir do depoimento de seus moradores. Além disso, o curta evidencia as diferenças entre o urbano e o rural encontrado no distrito, dadas as grandes proporções territoriais de Boca do Monte.
Já o Cena Cultural – Livro e Literatura é um dos episódios de um projeto que visa retratar um dos segmentos culturais da cidade, definidos por lei. O intuito do Livro e Literatura é mostrar o cenário da produção literária em Santa Maria, quais eventos e locais de tradição literária do município e para celebrar a memória de grandes autores que já passaram e  que por aqui ainda estão. Todos os projetos são financiados pela Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria.

Sinopses
Boca do Monte – direção de Neli Mombelli (documentário, 2015, 24′)

Boca do Monte ou Caa Yara, em Tupi-Guarani, é a origem de Santa Maria. Terra de indígenas, lugar de passagem para o caminho das Missões, campo de litígio entre os impérios português e espanhol. Mais tarde, caminho do progresso pelos trilhos do trem e de quem viajava na maria fumaça. Hoje, após um esvaziamento da paisagem rural, chácaras e casas de fim de semana, aos poucos, vão reconfigurando as transformações que o tempo deixa ao passar em direção ao amanhã. 

Livro e Literatura – direção de Alice Böllick (documentário, 2015, 7′)

Uma cidade povoada por histórias das mais distintas vertentes. Desde a estante de uma casa ou de uma livraria, até  as estantes de uma feira, livros habitam Santa Maria e constroem suas histórias pela ponta do lápis, pelas teclas da máquina de escrever o do teclado de escritores que aqui se inspiram e invocam sua imaginação.

Por Laura Boessio

Captação de áudio no interior da sede de Boca do Monte

Captação de áudio no interior da sede de Boca do Monte

 


Feira do Livro de Caçapava do Sul recebeu ‘A Semi-Lua e a Estrela’


O documentário A Semi-Lua e a Estrela, da TV OVO, foi exibido na Feira do Livro de Caçapava do Sul 2014 no último domingo, dia 18. O audiovisual foi rodado em solo caçapavano em 2013. Cerca de 150 pessoas foram até o Salão Paroquial da cidade para conferir a produção dirigida por Marcos Borba. Após a exibição, os membros da TV OVO presentes na mostra receberam o carinho do público, que mostrou-se satisfeito com o documentário.

-> Clique e confira fotografias da exibição em Caçapava do Sul

A produção

O filme foi gravado entre maio e junho de 2013 e registra o folguedo realizado por diversas gerações e famílias caçapavanas durante a Festa do Divino. O projeto foi financiado pelo Edital Documenta Rio Grande, do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-Audiovisual), da Secretaria Estadual de Cultura (Sedac).

Sinopse

Homens a cavalo empunhando espadas, lanças e pistolas, numa batalha em campo aberto. As cavalhadas são uma representação épica que ultrapassa fronteiras geográficas e temporais e que por muitos anos existiram em diversas cidades do Brasil. O folguedo, que reconta a história da luta entre mouros e cristãos na Europa do século VIII, se reinventa em pleno século XXI em Caçapava do Sul.


Professores de Cacequi recebem oficina da TV OVO


Como levar o audiovisual às salas de aula em Cacequi? Para aprimorar os conhecimentos de professores da rede pública, a TV OVO ministrou a Oficina de Produção Audiovisual, inaugurando a programação da Feira do Livro de Cacequi de 2014.

Na sexta-feira e no sábado (dias 11 e 12 de abril), o cineasta Paulo Tavares, assessorado por Keven Silva, ambos da TV OVO, levaram aos docentes conhecimentos sobre a linguagem em vídeo e etapas de produção, desde a criação de roteiro (tanto ficcional quanto documental), gravação, operação de câmera e demais passos para a realização de um audiovisual.

– – – – > Veja fotos da oficina em Cacequi

Como produto final da oficina, um vídeo foi produzido e está sendo editado, com o tema: construindo conhecimento nos trilhos da leitura. Foram captadas imagens da viação férrea da cidade e depoimentos de moradores.

Para o organizador da oficina e supervisor da secretaria de educação de Cacequi, Anderson Hartmann, houve uma boa receptividade dos professores:

– Eles (os professores) até reclamaram que foi pouco tempo, e que poderia ter mais. E isso é positivo.

De acordo com Hartmann, todos os anos uma oficina relacionada com arte é oferecida aos professores da cidade para que os novos conhecimentos sejam aplicados aos alunos. A Feira do Livro de Cacequi, na Gare da Estação Férrea, ocorre do dia 24 ao 26 de abril.


Antes da Feira, os preparativos!


Andar pela Feira do Livro de Santa Maria desperta os mais diferentes sentidos, mas, principalmente, a alegria de ver a praça lotada, diversas atrações culturais e livros para os mais variados gostos. No entanto, para tudo isso acontecer, há uma grande preparação que leva meses de trabalho. A Feira mal termina e a produção para a seguinte já inicia. Confira a reportagem de uma das mais novas colaboradoras da TV OVO, Taianne Teixeira, sobre os preparativos desses dias mágicos que povoam a Praça Saldanha Marinho.

[youtube cBusT2eEBZQ&list=UUf03hV6gYVPH6I2Gypa_qUA&index=4&feature=plcp nolink]