Notícias

um portal para todos


No dia 13 de maio ocorreu o lançamento do Portal para os Clubes Sociais Negros do Brasil, data em que o Clube Afro-Ferroviário Treze de Maio de Santa Maria completou 108 anos.

A TV OVO esteve presente no lançamento e gravou depoimentos sobre várias temáticas atuais relacionadas ao movimento negro, como música, dança, religião e história.

Confira abaixo e deixe sua opinião:

[youtube zkiQ8g3y9-U]


especial: programação do mês de maio – 15 anos TV OVO


O mês de maio está chegando e o nosso aniversário de 15 anos também. Iremos comemorar a data com um mês repleto de atividades envolvendo o mundo do audiovisual, da diversidade cultural e da comunicação comunitária.

Iremos começar o mês com a presença do jornalista formado pela UFSM Marcelo Canellas. A partir de contato estabelecido através da TV OVO, Canellas participará do espaço Livro Livre, atividade da Feira do Livro de Santa Maria, no dia 2 de maio.

De terça, dia 3, até sexta, dia 6, iremos fazer exibições de audiovisuais na frente do Banrisul, na boca da Praça  Saldanha Marinho.

No dia 12 de maio iremos ter espaço na Tribuna Livre, na Câmara de Vereadores de Santa Maria e, a partir das 17h, iremos fazer uma recepção em nossa sede, na Casa de Cultura de Santa Maria.

Para comemorar nossos 15 anos com rock´n´roll, faremos uma festa no sábado, dia 14, na Boate do DCE. A festa é garantida com as bandas santa-marienses Vintage e Rinoceronte. Como sempre, universitários com carteirinha não pagam.

Várias comunidades, como Nonoai e Vila Oliveira, poderão participar de exibições itinerantes de audiovisuais entre os dias 16 e 20 de maio.

E para finalizar, no dia 23 de maio começam as oficinas de produção audiovisual na Escola Castro Alves, na Vila Oliveira. As oficinas irão durar três meses e ocorrerão em mais duas escolas públicas do município.

Confira abaixo mais detalhes sobre a programação especial de 15 anos da TV OVO

O mês de festa é nosso e de todas as comunidades de Santa Maria, então, participe à vontade:


bernado bertolucci no lanterninha aurélio


O mês de abril começa com exibição cineclubista hoje, às 19h, no Cineclube Lanterninha Aurélio. Todos os filmes de abril são direções Bernardo Bertolucci.

O cineclube vem há décadas divulgando trabalhos audiovisuais e promovendo debates, além de apresentar realizações que vão ao encontro à descentralização da produção e veiculação.

Está em finalização um documentário para web realizado em 2010 sobre o cineclubismo em Santa Maria. Obviamente, o Cineclube Lanterninha Aurélio foi uma fonte importantíssima para esse trabalho, que foi uma parceria entre o Ponto de Cultura Espelho da Comunidade e a Revista de História da Biblioteca Nacional. Logo mais, postaremos mais sobre o documentário e a data de lançamento.

Por enquanto, fiquem com a agenda do ciclo de abril de 2011 do Cineclube Lanterninha Aurélio

Os Sonhadores, 2003

Bernardo Bertolucci

Drama, 130 min

Classificação: 16 anos


Sinopse

Matthew é um jovem que, em 1968, vai estudar em Paris. Lá ele conhece os irmãos gêmeos Isabelle e Theo. Os três logo se tornam amigos, dividindo experiências e relacionamentos enquanto Paris vive a efervescência da revolução estudantil.

O ciclo Bertolucci segue com a seguinte programação:

11/04 – Beleza Roubada

18/04 – La Luna

25/04 – O Último Tango em Paris

Com informações da Assessoria de Imprensa da Cooperativa de Estudantes de Santa Maria


Na sua cidade tem TV Comunitária?


Há quase um ano está sendo realizado um mapeamento das televisões comunitárias no Brasil. O número de TV´s, até o momento, gira em torno de 250 canais, mas apenas 67 estão ocupados. O mapeamento surgiu como uma iniciativa para apresentar o potencial que a comunicação comunitária tem na televisão brasileira. Desde o início do mapeamento, já foram mais de 10 mil exibições em todo o Brasi em diversas regiões.

Ocupar os canais ociosos é colaborar para a democratização da comunicação e da pluralidade de vozes das comunidades. A televisão comunitária está relacionada com o fomento de políticas públicas, além da produção audiovisual brasileira feita de forma independente.

Curioso para saber se há uma televisão comunitária na sua cidade ou região? Clique aqui!


MinC financia leitura nos Pontos de Cultura


Raudrey e Lucas, jovens participantes da Oficina de Vídeo TV OVO, têm acesso a diversas publicações
Foto: Júlia Schnorr

O Ministério da Cultura subsidiou assinaturas anuais de 12 publicações em 7 mil Pontos de Cultura espalhados em todas as regiões do país. Os jovens, assim como aqueles que frequentam o Ponto de Cultura Espelho da Comunidade, terão acesso aos materiais, a fim de despertar o hábito da leitura e disponibilizar conteúdos de qualidade.

A pluralidade de publicações é fundamental para afinar o pensamento crítico e enriquecer o cotidiano Ponto de Cultura, já que muitas das ideias de pautas para o TV OVO no Ônibus (veja algumas das matérias do projeto clicando aqui e aqui) podem surgir ao folhear uma revista ou após comentar uma matéria com algum colega da TV OVO.

As revistas e jornais trabalham com a área da Cultura, Sociedade, Artes, Política e Economia. Confira abaixo a relação das publicações que o Ponto de Cultura irá receber por um ano:

Revistas Brasileiros

Revista Cult

Revista Viração

Revista Rolling Stone

Revista Raça Brasil

Revista Piauí

Revista Carta na Escola

Jornal Rascunho

Revista Fórum

Revista Le Monde Diplomatique Brasil

Revista Caros Amigos

Almanaque Brasil de Cultura Popular

Júlia Schnorr

juliaschnorr@gmail.com


Cobertura 17ª Feicoop


A Oficina de Vídeo TV OVO participa de mais uma cobertura compartilhada, desta vez é na 17ª Feicoop – Feira do Cooperativismo, que ocorre nos dias 9, 10 e 11 de julho. No evento também se realiza a 6ª Feira de Economia Solidária do Mercosul.

[youtube eBAH1YsZKG0 nolink]

A cobertura é feita através de reportagens, textos, fotos e vídeos. O material estará disponível no site da TV: http://tvovo.org/

Nisieli, de Hulha Negra sendo entrevista por Sabrina. Imagens: Juan Pablo. Foto: Júlia Schnorr

Lúcio de Porto Alegre em entrevista sobre a Assembleia Popular da Juventude

Por: Luriane Fraga de Melo.