Notícias

TV OVO no Ônibus


O programa TV OVO no Ônibus é um projeto da TV OVO que existiu de 2001 a 2013. Ele consistia na produção de um programa televisivo mensal de 30 minutos, sendo veiculado em cinco ônibus de transporte coletivo de Santa Maria. Composto por quadros temáticos, o programa apresentava reportagens de enfoque comunitário que traziam e aliavam informação, cultura e entretenimento.

A escolha das pautas era guiada pelo cotidiano da cidade e prezava pela recuperação, valorização e difusão da cultura local, promovendo, ainda, a prestação de serviços de utilidade pública. O programa era um lugar para temas que dificilmente teriam a mesma abertura e espaço nos meios de comunicação comerciais. A programação era assistida, em média, por 15 mil pessoas ao mês.

O TV OVO no Ônibus era produzido de forma coletiva. O Núcleo de Produção era formado por jovens de 15 a 29, oriundos das oficinas de formação que foram realizadas ao longo dos mais de 15 anos de existência da TV OVO, e de estagiários dos cursos de Comunicação Social – Jornalismo da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e do Centro Universitário Franciscano (Unifra).

TV OVO no Ônibus recebeu o Prêmio Mídia Livre, em maio de 2009, concedido pelo Ministério da Cultura. Foi uma das 64 iniciativas vencedoras na categoria regional/local espalhadas pelo país. Com o aumento do acesso à internet e com mudanças na estrutura de produção dos vídeos e nos problemas enfrentados para exibir o programa no transporte coletivo, a TV OVO decidiu, em assembleia, findar com o projeto e buscar novas formas de alcançar as comunidades de Santa Maria. Entre estas novas formas estão as exibições itinerantes que deverão ser intensificadas a partir de 2014.


TV OVO também é Agente Cultura Viva


A Oficina de Vídeo TV OVO foi contemplada com o edital Bolsa Agente Cultura Viva. O projeto tem o objetivo de estimular o empoderamento social e o protagonismo da juventude dos Pontos de Cultura. O bolsa Agente Cultura Viva será desenvolvido em Santa Maria por Luriane Melo, Bruno Oliveira, Juan Pablo Menezes e Lucas Jacques,  no projeto Omelete Cultural.

As ações que serão desenvolvidas consistem em debates, palestras, exibições cineclubistas, com abordagem em Comunicação e cultura, economia da cultura, cultura e educação, cultura digital, cultura e saúde, ludicidade e cultura e cidadania. As atividades serão documentadas através de um blog alimentado por textos, vídeos, fotografias, podcasts radiofônicos, tudo isso produzido pelos próprios agentes.

O projeto pedagógico do Omelete Cultural está organizado em quatro etapas: planejamento, formação, produção/realização e avaliação. Os adolescentes devem receber formação nas áreas de cineclube, rádio, fotografia, cultura digital, produção cultural e audiovisual.Os quatro jovens, selecionados por meio de edital, receberão uma bolsa mensal no período de doze meses para realizar o projeto. O desenvolvimento do Omelete Cultural representa uma oportunidade de integração do Ponto de Cultura Espelho da Comunidade com a população e outros grupos sociais de Santa Maria. A intenção é criar uma rede de debates a cerca do desenvolvimento da cultura brasileira. O Bolsa Agente Cultura Viva representa o investimento de R$28.240,00 para a cidade de Santa Maria.

Contatos diretos com a galera do Omelete, através do email omeletecultural@tvovo.org

Texto elaborado por Priscila Costa, Luriane Melo e Sabrina Kluwe.


Confira a matéria sobre o Omelete Cultural no Diário de Santa Maria aqui.