Notícias

animação será exibida em fachada de construção


Hoje, às 19h30, o centro de São Paulo irá receber a animação intitulada SP Time Lapse. O projeto, realizado com software mapping, será exibido na fachada do Colégio e da Igreja Jesuíta Pateo do Collegio, no centro da cidade.

A transformação da construção ao longo dos últimos 5 séculos é o foco do trabalho histórico. A projeção será realizada num espaço de 800 m² e é aberta ao público e aos transeuntes.

Ficou curioso? Acesse o link abaixo e assista na íntegra o trabalho de 3 minutos.

http://vimeo.com/24388117

*Francele Cocco, que iniciou suas atividades nas sessões itinerantes de audiovisuais na TV OVO em 2005, trabalhou no projeto SP Time Lapse como assistente de produção. Atualmente Francele reside em São Paulo e trabalha com comunicação.


ponto de cultura recebe livros da funarte


A Funarte – Fundação Nacional de Artes – chegou à Santa Maria.

Como?


O Ponto de Cultura Espelho da Comunidade recebeu vários livros sobre música, teatro, dança, circo e artes visuais do Programa Nacional de Doação das Edições Funarte. A iniciativa busca incentivar a leitura e difundir a produção editorial da Funarte, além de aproximar o público dos Pontos de Cultura do país de obras relacionadas à cultura.

Ficou interessado? Os livros irão ser catalogados e disponibilizados na Biblioteca do Audiovisual Sérgio de Assis Brasil. Conheça mais sobre nossa biblioteca clicando aqui.


remixofagia – vídeo sobre cultura contemporânea


A Casa da Cultura Digital apresenta em cinco ensaios audiovisuais olhares sobre a cultura contemporânea. O vídeo faz uma viagem até o interior do Ceará para falar sobre os indígenas Caetés. Dessa forma, começa a apresentar elementos sobre a metáfora da antropofagia, ato de se alimentar da carne humana, que permeia a cultura brasileira contemporânea.

Ficou interessado? Só clicar aqui e assistir o vídeo de 16 minutos.



um portal para todos


No dia 13 de maio ocorreu o lançamento do Portal para os Clubes Sociais Negros do Brasil, data em que o Clube Afro-Ferroviário Treze de Maio de Santa Maria completou 108 anos.

A TV OVO esteve presente no lançamento e gravou depoimentos sobre várias temáticas atuais relacionadas ao movimento negro, como música, dança, religião e história.

Confira abaixo e deixe sua opinião:

[youtube zkiQ8g3y9-U]


O que as ruas e bairros podem dizer sobre Santa Maria?


Em 2009, lançamos dois documentários, um sobre a Avenida Progresso – atual Avenida Rio Branco – e sobre a Primeira Quadra, como era conhecido o Calçadão de Santa Maria. Ambos fazem parte do projeto ”Por onde passa a memória da cidade” que busca formar um acervo da memória imaterial da cidade, através oralidade e com depoimentos e histórias cotidianas sobre Santa Maria.

Confira abaixo entrevista realizada com Denise Copetti, produtora cultural, e com Alexsandro Pedrollo, um dos primeiros oficinandos da Oficina de Vídeo e atual coordenador do projeto.

[youtube 4YY93FZ78Ec&NR=1 nolink]

Neste ano iremos produzir dois documentários, um sobre o bairro Rosário e outro sobre o Itararé. Fiquem no aguardo!


Criação da Lei Cultura Viva em discussão


No dia 25 de maio será realizada uma Marcha Nacional em Brasília. Com início às 8h, a marcha irá contar com representantes de Pontos de Cultura de todas as regiões do país. O motivo da mobilização é a criação da Lei Cultura Viva, que está relacionada a agentes que já trabalham no Programa Nacional de Cultura, Educação e Cidadania – CULTURA VIVA, criado em 2005 pelo Ministério da Cultura. Saiba mais sobre os objetivos do Programa Cultura Viva:

1 – Ampliar e garantir o acesso aos meios de fruição, produção e difusão cultural;

2 – Identificar parceiros e promover pactos com diversos atores sociais governamentais e não-governamentais, nacionais e estrangeiros, visando um desenvolvimento humano sustentável, tendo na cultura “a principal forma de construção e de expressão da identidade nacional, a forma como o povo se reinventa e pensa criticamente”;

3 – Incorporar referências simbólicas e linguagens artísticas no processo de construção da cidadania, ampliando a capacidade de apropriação criativa do
patrimônio cultural pelas comunidades e pela sociedade brasileira como um todo;

4 – Potencializar energias sociais e culturais, dando vazão à dinâmica própria das comunidades e entrelaçando ações e suportes dirigidos ao desenvolvimento de uma cultura cooperativa, solidária e transformadora;

5 – Fomentar uma rede horizontal de “transformação, de invenção, de fazer e refazer, no sentido da geração de uma teia de significações que nos envolve a todos”;

6-Estimular a exploração, o uso e a apropriação dos códigos de diferentes meios e linguagens artísticas e lúdicas nos processos educacionais, bem como a utilização de museus, centros culturais e espaços públicos em diferentes situações de aprendizagem e desenvolvendo uma reflexão crítica sobre a realidade em que em que os cidadãos se inserem;

7-Promover a cultura enquanto expressão e representação simbólica, direitos e economia;

8-Promover políticas públicas de mobilização e encantamento social.


Para saber mais: http://www.peticaopublica.com.br/?pi=P2011N8759http://pontosdecultura.org.br/post_tag/lei-cultura-viva/ e http://culturadigital.br/leiculturaviva/