Notícias

Feira do Livro de Caçapava do Sul recebeu ‘A Semi-Lua e a Estrela’


O documentário A Semi-Lua e a Estrela, da TV OVO, foi exibido na Feira do Livro de Caçapava do Sul 2014 no último domingo, dia 18. O audiovisual foi rodado em solo caçapavano em 2013. Cerca de 150 pessoas foram até o Salão Paroquial da cidade para conferir a produção dirigida por Marcos Borba. Após a exibição, os membros da TV OVO presentes na mostra receberam o carinho do público, que mostrou-se satisfeito com o documentário.

-> Clique e confira fotografias da exibição em Caçapava do Sul

A produção

O filme foi gravado entre maio e junho de 2013 e registra o folguedo realizado por diversas gerações e famílias caçapavanas durante a Festa do Divino. O projeto foi financiado pelo Edital Documenta Rio Grande, do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-Audiovisual), da Secretaria Estadual de Cultura (Sedac).

Sinopse

Homens a cavalo empunhando espadas, lanças e pistolas, numa batalha em campo aberto. As cavalhadas são uma representação épica que ultrapassa fronteiras geográficas e temporais e que por muitos anos existiram em diversas cidades do Brasil. O folguedo, que reconta a história da luta entre mouros e cristãos na Europa do século VIII, se reinventa em pleno século XXI em Caçapava do Sul.


Cavalhadas: “foi dada a largada”


Reunião de pesquisa no Ponto de Cultura Clareira da Mata Foto: Maurício Canterle

A produção do documentário a Semi-lua e a Estrela, que fala sobre as cavalhadas de Caçapava do Sul, está mobilizando os moradores da cidade para retomar o movimento que parou as atividades há sete anos. Os encontros de pesquisa estão recuperando diversas fotografias e gravações antigas, que fazem parte da memória caçapavana. As reuniões têm sido realizadas no Ponto de Cultura Clareira da Mata.

O documentário, que tem financiamento do FAC do Audiovisual (Fundo de Apoio à Cultura), da Secretaria de Cultura do RS (Sedac), gravará as cenas no mês de maio. Mais de 50 pessoas estão se mobilizando para reviver a corrida de cavalhadas na Fazenda de Guajuvira, no Passo do Megatério, à cerca de 20 km do centro de Caçapava do Sul.

Curiosidade sobre o Passo do Megatério

É um sítio arqueológico onde foram encontrados fósseis de um megatherium, isto é, uma preguiça gigante que viveu há cerca de 20 mil anos. O nome significa “besta gigante”.