Notícias

Diz Aí Uruguaiana e Passo de Los Libres


Depois de quatro dias intensos de formação audiovisual na fronteira de Santana do Livramento(BR) e Rivera(UR), é a vez de Uruguaiana (BR) e Passo de Los Libres(AR). As atividades iniciaram na manhã deste domingo (02) e seguem até quarta-feira (05) no Sest/Senat de Uruguaiana.
São cerca de 60 jovens dos dois países que passarão por oficinas de criação, linguagem, prouruguaiana01dução e gravação, edição e postagem em blog, a cargo da equipe da TV OVO, formada por Alexsandro Pedrollo, Ananda Delevati, Kéven Silva, Marcos Borba, Neli Mombelli, Pauta Tavares e Tadeu Costa. Além disso, todos os dias há uma horário reservado para reflexões sobre cidadania, educação, juventude e transformação social, com João Werlang do Camp (Centro de Assessoria Multiprofissional) de Porto Alegre.
A iniciativa é coordenada pelo Canal Futura e tem financiamento do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. o projeto também conta com o apoio da Câmera Clara, de Florianópolis/ SC, que realizará cinco episódios sobre temáticas fronteiriças para serem exibidos no Canal Futura.
Mais informações e relatos sobre as atividades podem ser acompanhadas no blog do Diz Aí. Na página do Facebook da TV OVO há uma galeria de fotos das atividades em Riveramento.

 

 


TV OVO, em parceria com o Canal Futura, realiza oficinas na fronteira


1799197_717553384955355_1974652364_o

Oficina de postagem em blog

A fronteira entre Rivera (UR) e Santana do Livramento (BR), também chamada de Riveramento, desde terça-feira, é espaço para jovens das duas cidades debaterem sobre suas identidades, sobre cidadania, transformação social e audiovisual. São cerca de 100 pessoas, entre 13 e 29 anos, que participam de oficinas de criação, linguagem, produção e gravação, edição e postagem em blog dentro do projeto Diz Aí Fronteiras.
A iniciativa é coordenada pelo Canal Futura e tem financiamento do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina. O projeto conta com parceria das organizações TV OVO, de Santa Maria/ RS, que trabalha com as oficinas de audiovisual, do Camp (Centro de Assessoria Multiprofissional), de Porto Alegre/RS, que aborda reflexões sobre cidadania e juventude, e da Câmera Clara, de Florianópolis/ SC, que realizará cinco episódios sobre temáticas fronteiriças para serem exibidos no Canal Futura.
Os assuntos abordados nos vídeos produzidos pelos oficinandos são contrabando, música, discriminação, inclusão e encontro e desencontros, tudo baseado no dia a dia dos jovens.
As atividades seguem até esta sexta-feira (31) e são realizadas no IFSUL – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense.

1613840_717655724945121_421353040_n

Oficina de operação de câmera

No domingo (02/02), o projeto Diz Aí Fronteiras inicia suas atividades na divisa entre Uruguaiana (BR) e Passo de Los Libres (AR). Serão quatro dias de imersão de mais 100 jovens das duas nacionalidades nas dependências do Sest/Senat de Uruguaiana.

Mais informações e relatos sobre as atividades podem ser acompanhadas neste site, no blog do Diz Aí. Na página do Facebook da TV OVO há uma galeria de fotos das atividades em Riveramento.

 


Diz Aí Fronteiras em vídeo convite


Dá uma olhada no vídeo convite que a gurizada do projeto Diz Aí Fronteiras produziu no encontro de formação de dinamizadores, que ocorreu em Uruguaiana no início de novembro.

[youtube mVE5U0Vpzj4 nolink]

O próximo passo das atividades são oficinas de capacitação para 200 jovens – 100 da fronteira de Uruguaiana e Passo de Los Libres (Argentina), e 100 de Santana do Livramento e Rivera (Uruguai). As oficinas serão realizadas pela TV OVO no final de janeiro e começo de fevereiro de 2013 nas duas cidades brasileiras.

O projeto conta ainda com a parceria do Camp, de Porto Alegre, e da Câmera Clara, de Florianópolis. Ele é promovido pela área de Mobilização e Articulação Comunitária do Canal Futura e tem como objetivo articular e capacitar jovens para o audiovisual e fomentar o protagonismo e a atuação cidadã. Além disso, visa estimular a reflexão de questões relacionadas à juventude em regiões de fronteira com relação à comunicação, cidadania e educação a partir da produção de obras audiovisuais para a interprogramação de 2014 do Canal Futura.

Dá uma olhada no blog do Diz Aí, alimentado pela gurizada que participa do projeto. Esta é a sétima edição do Diz Aí, que a cada ano trabalha uma temática diferente. Neste ano, o assunto é fronteiras.


TV OVO participa de oficinas na fronteira do RS


Um misto de amizade, expectativa, troca de conhecimento, criatividade e emoção marcou a primeira fase de formação dos jovens dinamizadores do projeto DIZ AÍ FRONTEIRAS, que ocorreu na cidade de Uruguaiana nos dias 8, 9 e 10 de novembro.

O projeto é promovido pela área de Mobilização e Articulação Comunitária do Canal Futura e tem como objetivo articular e capacitar jovens para o audiovisual, fomentar o protagonismo e a atuação cidadã das cidades de Uruguaiana e Santana do Livramento no Brasil, Passo de Los Libres na Argentina e Rivera no Uruguai. Além disso, visa estimular a reflexão de questões relacionadas à juventude em regiões de fronteira com relação à comunicação, cidadania e educação nesses locais a partir da produção de obras audiovisuais para a interprogramação de 2014 do Canal Futura.

Partindo de seu auto conhecimento, cada jovem foi provocado a refletir sobre si, a realidade que o cerca e a sua relação com os outros. Foram diversos momentos de troca de saberes, reflexão e debates, intercalados com dinâmicas, grupos de trabalho e práticas de audiovisual, fotografia digital e web texto.

Nesta fase, o projeto reuniu 20 jovens, sendo 5 de cada uma das cidades envolvidas. Na próxima fase, que acontece nos meses de janeiro e fevereiro de 2014, nas cidades de Santana do Livramento e Uruguaiana, mais 180 jovens se integrarão ao projeto. Serão produzidos cinco interprogramas de aproximadamente 7 minutos cada.

Para a realização do projeto Diz Aí Fronteiras, o Canal Futura tem financiamento do CAF – Banco de Desenvolvimento da América Latina, e conta com parceria das organanizações TV OVO, de Santa Maria/ RS , CAMP, de Porto Alegre/RS e Câmera Clara, de Florianópolis/ SC. Ainda, tem o apoio institucional do IFSUL – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense e do Sest/Senat – Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte.



Audiovisual como ferramenta para abordar a violência sexual infantil


Trabalhar questões referentes à violência nas escolas é uma exigência dos dias atuais, mas para isso, é preciso preparar professores e funcionários para lidar com temas tão delicadas. Em Santa Maria, um projeto chamado “A escola e os desafios da sociedade contemporânea – a missão dos educadores” está capacitando os profissionais da educação nesse sentido. O projeto, idealizado pelo Ministério Público de Santa Maria em parceria com a 8ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE) e com a Secretaria de Município de Educação (SMED), está em fase de testes em duas escolas municipais e duas estaduais.

[youtube ZmcP1udiyYk nolink]

Para tratar da violência em sala de aula e de temas como o abuso sexual, uma questão delicada principalmente entre as crianças, o projeto está fazendo uso da linguagem audiovisual. Assim, outro parceiro do projeto é o Canal Futura, que possui uma série de animação chamada “Que exploração é essa?” que expõe de forma didática e sensível questões ligadas ao abuso sexual infantil.

[youtube BNMGmDqPECc nolink]

Texto por Neli Mombelli