Sobre

 

Cronicaria é um projeto de financiamento coletivo via plataforma do catarse.me, que ainda está recebendo doações para atingir sua meta de R$ 12 mil. O projeto se materializa numa publicação semanal de crônicas nesta página entre 16 de agosto e 30 de dezembro de 2017, num total de 40 crônicas (se captado o valor total do projeto). As quartas-feiras são da Manuela: o sentimento do mundo, o ímpeto dos sonhos que movem os jovens, os temas que mobilizam discussões atuais, ideias que lembram que o mundo é muito grande para se pensar pequeno. Os sábados são de Marcelo: histórias que envolvem, memórias que irrompem e questões que, por vezes, alfinetam.

Vidas, histórias, sentimentos, gestos, poesias, lugares, paixões, pessoas… Santa Maria traduzida no tempo das palavras do jornalista Marcelo Canellas e da acadêmica de jornalismo Manuela Fantinel. Cronicaria versa, em crônicas, os olhares de vivências e subjetividades distintas de dois santa-marienses. Um jornalista renomado, preocupado com os direitos humanos, que vive na capital do país, mas que não perde o seu vínculo com a “terrinha”. Uma menina-mulher prestes a sair dos bancos da academia que vive a pulsante juventude da cidade.

Cronicaria são crônicas sobre e de Santa Maria ou, ainda, é uma confraria literária, porque a cidade é ponto de partida, mas não somente de chegada. É o olhar santa-mariense sobre o mundo para além dos morros que nos cercam. Um olhar “flaneur”, livre, de quem se acostumou a subir e descer as lombas de uma cidade ondulada.

O projeto é capitaneado pela TV OVO, um coletivo santa-mariense que trabalha com formação audiovisual e com o registro da memória da cidade. Para além do audiovisual, a TV OVO é vanguarda nas discussões a respeito das políticas culturais locais e desenvolve diversos projetos na área. Cronicaria é mais um deles que busca engajar e envolver as pessoas nos liames da escrita, da leitura, do cotidiano, do encontro e da reflexão.

E se você se perguntou por que Manuela e Marcelo e o que tudo isso tem a ver com aquela casa em ruínas da fotografia, explicamos: É porque a casa é onde fica a sede da TV OVO, espaço que futuramente será restaurado para se transformar no Sobrado Centro Cultural. É neste lugar que as ideias deste projeto se alinham e que tanto Manuela quanto Marcelo integram este coletivo no intervalo do tempo.

 

 

 

Abaixo estão as informações de como a sua doação está sendo aplicada.


Pagamento dos cronistas (50%)
Marcelo Canellas – R$ 4.000,00
Manuela Fantinel – R$ 2.000,00


Desenvolvimento de página e gerenciamento do projeto (33%)
TV OVO – R$ 4.000,00


Taxa da plataforma (13%)
Catarse – R$ 1.560,00


Recompensas (4%)
Criação e envio dos cartões postais – R$ 440,00
As ilustrações são uma generosa contribuição do chargista Elias Monteiro.

 

Se o valor ultrapassar o total que o projeto solicita, iremos readequá-lo conforme o montante captado, podendo ultrapassar o número de 40 crônicas e o projeto seguir nos meses seguintes. O mesmo ocorre em caso de o valor ser inferior ao solicitado. Neste caso, a readequação será para a redução das publicações. Contamos com sua colaboração.