Notícias

Resultado da curadoria para o DVD “Produções Audiovisuais dos Pontos de Cultura – Região Sul”


O projeto FOCU – Fomento Cultural, durante o ano 2010, visou o fortalecimento da rede de produção audiovisual entre os Pontos de Cultura do Sul do País. Para isso, além da elaboração de um DVD com as produções resultantes das oficinas realizadas pelo FOCU em sete cidades do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná, também realizou-se uma curadoria para compor um DVD só com produções audiovisuais dos Pontos de Cultura.

Serão nove produções que farão parte do DVD “Produções Audiovisuais dos Pontos de Cultura – Região Sul”. Ao todo, 900 cópias serão distribuídas gratuitamente entre os Pontos de Cultura de todo Brasil.

Confira as obras audiovisuais selecionadas:

* CULTURA DIGITAL
Direção: Gustavo (Guti) Castro
KUAI TEMA/ SOY LOCOPORTI

*KRÉ
Direção: Francele Cocco e Alexsandro de Oliveira
PC ESPELHO DA COMUNIDADE/ PC KANHGAG JÃRE

* MULHERES DE MAGRITTE
Direção: Isabela Silveira, Renato C. Gaiarsa e Rodrigo Luna
NÚCLEO VAGAPARA DOMÍNIO PÚBLICO/ MARIA MULHER

* ME DÊ MOTIVOS PARA IR EMBORA
Direção: Josias Salvaterra e Ricardo Sória
QUILOMBO DO SOPAPO/ CATARSE/ GUAYI/ CRISTALIZAR VÍDEO PRODUÇÕES

* LÁ VAI
Mestre Paraquedas/ AÇÃO GRIÔ/ ODOMODÊ

* A BOLA FURADA
TOCA – PONTO DE CULTURA E SAL SHINE LIGHT

* PARTE DO VENTRE
Direção: Têmis Nicolaidis
PONTO DE CULTURA VENTRE LIVRE/ CATARSE

* VILA DAS TORRES 2014
Direção: Willian Coutinho Duarte, Lúcia Pego dos Santos, Marta Pego dos Santos, Bruno Mancuso
MINHA VILA FILMO EU

* GALERIA
Direção: Evelyssa Sanches
KINOARTE

O Pontão FOCU agradece a todos que enviaram suas produções.


TV OVO recebe 2º lugar no Prêmio Cultura Viva


A TV OVO, por meio do Ponto de Cultura Espelho da Comunidade,  recebeu o segundo lugar na categoria Ponto de Cultura do Prêmio Cultura Viva 2010. A premiação foi ontem à tarde, no Rio de Janeiro.  A iniciativa premiada foi o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que existe desde 2004 e visa recuperar, preservar e divulgar a memória de Santa Maria, registrando histórias de lugares e pessoas que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. Por meio do audiovisual, são realizdos reportagens e documentários que proporcionam à população uma reflexão sobre seu papel como construtora de sua própria realidade urbana. Conheça as outras iniciativas premiadas.

O Prêmio Cultura Viva, que tem como tema  Comunicação e Cultura, buscou, nesta edição, estimular e dar visibilidade às iniciativas culturais que estimulam a fluência comunicativa – a expressão, o compartilhamento de informações e conhecimentos – e o trabalho colaborativo como condições  para o reconhecimento da influência das práticas culturais no processo de construção de identidades, convivência e desenvolvimento. Foram 1.794 inscrições, de 750 municípios brasileiros. As inciativas passaram por um sistema de avaliação que consiste: 1ª Etapa – Análise preliminar; 2ª Etapa – Seleção das 120 iniciativas semifinalistas (os projetos classificados aqui já recebem o Selo Cultura Viva); 3ª Etapa – Seleção das 40 iniciativas finalistas; 4ª Etapa – Seleção nacional das 12 iniciativas premiadas ( FASE A – Visitas técnicas e FASE B – Seleção dos premiados).

Esse prêmio significa muito para a TV OVO. Trata-se de mais uma chancela do Ministério da Cultura reconhecendo o trabalho cultural desenvolvido pela TV. Trabalhamos com comunicação e cultura, sempre com a preocupação de criar possibilidades de diálogos com a comunidade em busca da preservação da identidade local. Ao resgatarmos o patrimônio material e imaterial de Santa Maria, através do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, aliamos questões históricas e sociais, e divulgamos a memória cultural de Santa Maria. O recebimento deste prêmio nos incentiva a continuar trabalhando nesse sentido.

Foto still das gravações do documentário Avenida Progresso, integrante do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade


Kré no Festival de Cultura de Curitiba


O Festival de Cultura 5 anos – Unidade em Movimento  rola até amanhã em Curitiba-PR, na Praça Santos Andrade.  Entre as atividades propostas está a mostra de cinema e vídeo Relações de Fronteira por uma Cultura de Paz.

E a TV OVO faz parte da programação. Às 15h de sábado, 27, Francele Cocco apresentará Kré, um vídeo-documentário em que Dona Natália, índia kaigang, explica a confecção de cestos e balaios, desde a extração da matéria-prima até a comercialização em cidades do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina. O vídeo tem a co-produção do Instituto Kaigang e recebeu o prêmio de melhor direção de fotografia (Alexsandro Pedrollo) no Festival Santa Maria Vídeo e Cinema (SMVC) em 2009. Além disso,  Kré já percorreu outros festiviais, como o 21° Festival Internacional de curtas-metragens de São Paulo, o Festival Visões Periféricas no Rio de Janeiro e o Festival Vídeo Índio Brasil na mostra nacional e do Mato Grosso. O Kré também irá participar da pré-seleção da II Edição da Mostra de Filmes Brasileiros, que ocorre em Chicago em novembro do ano que vem.

Se você não pode ir na mostra em Curitiba, assista ao Kré aqui: http://www.kinooikos.com/acervo/video/24401/

A cobertura compartilhada do Festival você acompanha por aqui http://cc.nosdarede.org.br/


Economia Solidária em discussão no país


Ontem iniciou a I Conferência Nacional de Economia Solidária da Cultura, em Osasco – SP. As atividades seguem até o final de hoje e visam promover a discussão e a proposição de Políticas Públicas, à luz de práticas da economia da cultura e economia solidária. O evento conta com a participação de gestores públicos, pesquisadores, estudantes, artistas, organizações sociais e trabalhadores da economia solidária no âmbito nacional e internacional. A TV OVO e o Projeto Esperança/Cooesperança também enviou um representante, o Juan Pablo, que postará as novidades do encontro quando retornar da Conferência.

Também, nos dias 17 e 18 de novembro, ocorreu o Encontro Nacional de Economia Solidária, em Brasília-DF, com a presença do presidente Luiz  Inácio  Lula   da Silva. Entre os temas debatidos estava a importância  de  encaminhar a criação de um  Ministério  da  Economia  Solidária ou,  então, a criação de  uma  Secretaria  Especial no  Governo  Federal.

No calendário da ecosol também está a 12ª Feira Estadual de Economia Popular Solidária que ocorre de 26 de novembro até dia 04 de dezembro no Largo Glênio Peres, em Porto Alegre.

Santa  Maria  é  tida como a capital mundial da economia solidária, devido aos eventos  internacionais  realizados em  julho  de  cada  ano,  cuja  agenda  se  repete  há  quase  18  anos  ininterruptamente.  São  eventos  que fortalecem  e  consolidam  o modelo   solidário  e  sustentável  de “uma outra economia que j á acontece”.

Quer saber mais sobre economia solidária?! Então assista à matéria que produzimos sobre o assunto.

[youtube BeqSDzfi7-8 nolink]


Encontro Gaúcho de Cineclubes em Santa Maria


Discutir a prática cineclubista no Rio Grande do Sul, este é  o mote principal do Encontro Estadual de Cineclubes Gaúchos, que ocorre no próximo sábado, 27, no auditório da Cesma (Rua Professor Braga, 55), em Santa Maria.

Confira a programação e faça parte desse movimento:

8h30min – credenciamento
9h – abertura do encontro e mesa com CNC (Conselho Nacional de Cineclubes)
9h30min – A prática cineclubista, acervo, sustentabilidade e socialização de bens culturais imateriais
11h  – mesa de debate: troca de experiências cineclubistas
13h – almoço por adesão
14h30 min – A estrutura política e organizacional dos cineclubes gaúchos
17h30min – encerramento


Balaio de Histórias em Santa Maria nesta semana


O projeto História no Ponto da Revista de História da Biblioteca Nacional desembarca em Santa Maria nesta quinta-feira, 18. As atividades iniciam ainda na quinta e se estendem até a sexta, 19, com a gravação de um documentário sobre cineclubismo em Santa Maria. Diversas personalidades que fazem parte do movimento na cidade irão dar seu depoimento para a equipe da Revista.

Na sexta, outras atividades também integram a programação. Às 14h, rola o Balaio de Histórias no Auditório do CCSH, na antiga reitoria (Rua Floriano Peixoto, 1184), com a presença do historiador Marcos Vinícius Leite, que abordará o tema Comunicação e História – A qualquer momento, em qualquer lugar. A entrada é gratuita e toda a comunidade está convidada a participar. Leite é professor da Fundação Torino – Escola Internacional e idealizador do projeto Rádio História.

Às 20h tem mostra audiovisual de cineclubismo na Praça Saldanha Marinho – todas as produções com temáticas voltadas para Santa Maria. Em caso de chuva, a exibição será no auditório da Cesma (Rua Professor Braga, 55).

O projeto História no Ponto vem até o coração do Rio Grande do Sul, pois o Ponto de Cultura Espelho da Comunidade – TV OVO foi selecionado entre doze Pontos de Cultura de todo o país para receber as atividades. Junto com esse projeto, ocorrem ações do Balaio de Histórias , que realiza eventos em Pontos de Cultura, levando pesquisadores para participarem de uma roda de conversa sobre temas ligados à realidade local das comunidades. Quer saber mais sobre o Balaio?! Então acesse www.revistadehistoria.com.br/balaio

A programação é uma realização da Biblioteca Nacional em parceria com o Ponto de Cultura Espelho da Comunidade – TV OVO,  e conta com o apoio da Cesma e da UFSM.

Palestra Comunicação e História
Quando:
Sexta-feira, 19/11 – 14h
Onde: Auditório CCSH, antiga reitoria

Mostra audiovisual de cineclubismo
Quando:
Sexta-feira, 19/11 – 20h
Onde: Praça Saldanha Marinho