Notícias

Atividade nacional de cineclubismo em Santa Maria


Imagem inline 1O Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros realiza o Seminário: Cineclubismo, Cinema e Educação e a Pré-Jornada Nacional de Cineclubes Brasileiros, em Santa Maria nos dias 27 e 28 de junho. A atividade reunirá professores, estudantes, cineclubistas, diretores de cinema, produtores culturais, e demais interessados para discutir a utilização do cinema como ferramenta educacional.

Confira abaixo a programação:

Data: 27 de junho – quarta-feira

1º turno – manhã das 9h às 12h

2º turno – tarde das 14h às 17h

Data: 28 de junho – quinta-feira

1º turno – manhã das 9h às 12h

2º turno – tarde das 14h às 17h

Local:

Hotel Morotin

R. Angelo Uglione, 1629 / Centro

Entrada Franca

Confira, também, a programação Pré-Jornada Nacional de Cineclubes Brasileiros

A Pré-Jornada Nacional de Cineclubes será realizada em 02 e 03 de julho, em Santa Maria, RS. A atividade marca a reunião da diretoria e do Conselho de Representantes do Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros (CNC), que visa analisar, avaliar e fiscalizar as ações e atividades da atual diretoria e definir as próximas ações/políticas a serem propostas ao movimento cineclubista.

Esta reunião objetiva, dar prosseguimento à organização e discutir o temário da 29º JORNADA NACIONAL DE CINECLUBES que ocorrerá no final de 2012, na Bahia.

Cronograma:

Data: 02 de julho – segunda-feira

Reunião da Diretoria do CNC/Conselho de Representantes

Manhã: das 9h às 12h

Tarde: das 14h às 19h

Data: 03 de julho – terça-feira

Reunião da diretoria do CNC/Conselho de Representantes

Manhã: das 9h às 12h

Tarde: das 14h às 19h

Local:

Hotel Morotin

R. Angelo Uglione, 1629 / Centro

Entrada Franca

Lembramos que todas as atividades terão transmissão pela web pela TV OVO.

INICIATIVA: Conselho Nacional de Cineclubes Brasileiros – CNC

PROPONENTE: Prefeitura Municipal de Santa Maria / Secretaria da Cultura

INCENTIVO: Secretaria do Audiovisual / Fundo Nacional de Cultura

Post elaborado com informações da Assessoria.


Santa Maria, te amo


Atrizes e atores de Santa Maria, eis uma oportunidade bacana para participar de um filme. Três diretores gravarão um filme nos moldes de Paris, te amo como finalização do curso de Interpretação de Cinema e Televisão. Quem tem interesse deve ligar para 55 32239917. Haverá seleção dos participantes. Não perca!

COORDENADORES DO PROJETO:
RICARDO ZIMMER: Gaúcho de Dona Francisca, interior do Rio Grande do Sul, Ricardo
Zimmer aos 17 anos iniciou seus estudos de cinema no Instituto Nacional de Cinematografia de
Buenos Aires. Aos 19 anos montou sua produtora, a CZA cine-vídeo em Porto Alegre,produziu
inúmeros documentários e filmes curtas e médias. No Rio de Janeiro dirigiu e produziu o
Programa “Aqui Brasil” exibido nos canais de TV Americanos ( Continental Cable Vision e
Union Vision- 1992/94). É também roteirista e escritor, com três livros editados. Hoje, aos 40
anos prepara-se para produzir sua grande obra cinematográfica na qual adaptou do livro do
escritor gaúcho Moacyr Scliar,  O EXÉRCITO DE UM HOMEM SÓ.  Também encenada em
ópera/lírica- Libreto de Ricardo Zimmer (2002). Entre 2004 e 2005 coordenou o curso Técnico
de Cinema na Escola Técnica da Universidade UFRGS. 2006 e 7 ( dirige o programa de TV
Oscar Dias na TV – Net Canal 20 – Porto Alegre) – 2007 prepara seu filme Catarina, baseado
em fatos verídicos vividos por sua família no sul do Brasil, quando o Brasil entrou na guerra nos
anos 40. 2007, escreveu e dirigiu no Rio a peça teatral “Rita, Uma Santa Mulher”, 2008 e 9,  –
Escreve os esquetes para o PROCENIUM 1 E 2 da escola de atores Mega Cultural de Marcos
Muller encenados em São Paulo no Teatro Augusta.. Ministra cursos de introdução a produção
cinematográfica em várias cidades brasileiras.
________________________________________________________________________________
MARCOS MULLER: Cineasta,  Nascido em São Paulo, Marcos Muller, é arquiteto,
formado pela faculdade “Belas Artes de São Paulo”,  que vem assinando projetos em Miami
Flórida e em São Paulo. No ano de 2011, teve o honra de ser convidado para participar da
famosa mostra de decoração, “ Casa Cor “, em São Paulo. Durante os ultimos anos, Marcos
Muller, também dirigiu e atuou em montagens teatrais e pesquisou arte dramática com seus
alunos  na área “pedagógica teatral” em sua escola  de atores denominada “ACADEMIA DE
INTERPRETAÇÃO MARCOS MULLER” em São Paulo. Em parceria com  Renata Junqueira
( Diretora de Relações Internacionais do “MUBE – Museu Brasileiro da Escultura” em São
Paulo), criou em 2009 o prestigiado festival de cinema, “ Cine Mube Vitrine Independente “,
que já esta em sua 6 edição. Em 2012 irá dirigir com o cineasta Ricardo Zimmer o filme Black
Out de uma Paixão e protagoniza o longa ” A Fronteira de Sangue “ de Ricardo Zimmer no Rio
Grande do Sul.
____________________________________________________________________________
LUIZ EDUARDO BRUM: Ator, cineasta, . Formação no TEPA de Porto Alegre, no Espalhafatos, ator no  Grupo Teatral Manjericão com cinco anos de teatro de rua em espetáculos
como “O Dilema do Paciente”, e “O Homem que Casou com Mulher Braba” ( apresentações no
Porto Alegre Em Cena e Fórum Social Mundial. Laboratório no “Imersão no Ator” e curso de
cinema com Ricardo Zimmer. Ator nos filmes A Fronteira de Sangue, Assistente de Direção em
A+ ( A Positivo). Cinéfilo e conhecedor de cinema.  Atualmente realiza produções
cinematográficas com Ricardo Zimmer e Marcos Muller.
____________________________________________________________________________________

Sessão de Cinema da TV Campus/UFSM Homenageia Carlos Reichenbach


Nesta quinta, 14 de maio, dia em que completaria 67 anos, faleceu o cineasta Carlos Reichenbach. Famoso como diretor do chamado cinema independente ou “marginal”, Reichenbach, gaúcho de nascimento mas que construiu toda uma carreira em São Paulo, dirigiu 22 filmes. Independente do adjetivo, o Carlão como era conhecido, fazia cinema diferenciado e da mais alta qualidade.

Imagem inline 1

O último foi “Falsa Loura” (2007). Entre os outros títulos, estão “Garotas do ABC”, “Dois Córregos”. Seu maior filme, de acordo com muitos críticos, foi “Lílian M.: Relatório Confidencial”, de 1975. Seu maior sucesso foi “A Ilha dos Prazeres Proibidos”, que fez 4,5 milhões de espectadores em 1979. Defensor intransigente do cinema nacional, exibia filmes raros no CineSESC São Paulo


Como homenagem, o programa “Sessão de Cinema” da TV Campus (Santa Maria – RS)  apresenta neste sábado, 16 de junho, às 22h (reprise no domingo, 17 de junho, às 17h)  “Lilian M: Relatório Confidencial” , com direção de Carlos Reichenbach, a indicação etária é de 16 anos.
O filme – além da exibição pela TV Campus da UFSM, canal 15 da Net – Santa Maria  – poderá ser assistido pela web: http://w3.ufsm.br/tvcampus/.


Sinopse: Lilian narra sua história a um repórter (?) e nos revela detalhes de uma vida calcada pelo acaso, em ritmo de aventura. Sabemos tratar-se de um flashback e este nos conduz por uma reunião de tipos que atravessam a vida da moça. Estes lhe impõem limites, os quais ela ultrapassará (do campo à cidade, da miséria à riqueza, da família ao prostíbulo). A singeleza de seu marido, em conflito com os personagens seguintes são o resumo da trajetória, pois mil mulheres se apresentam aos desafios. Ela conhece um sujeito nervoso e loquaz que a leva para a cidade de Fusca; noiva com um figurão grotesco e bondoso; o filho do figurão a atormenta; ela busca outros parceiros, tão “machos” quanto os primeiros. Em sua saga contra os tipos mais estranhos ela se apresenta como mil Lilians que contornam todas as intempéries. E no entanto, ainda é Lilian, minhoca da terra, curiosa, que escolhe os homens e os “compreende” como a um bando de crianças. Lilian M, pois, é a história da vida de uma moça que resiste, não raro com “facilidade”, graças à sua multiplicidade e perspicácia.
Serviço:

“Sessão de Cinema” da TV Campus da UFSM, canal 15 da Net – Santa Maria – RS – Brasil

Sábados: 22:00 / Reprise – Domingos: 17:00


Neste final de semana exibição do longa-metragem “Lilian M: Relatorio Confidencial”.
Carlos Reichenbach, 1974, 100 min.
Com informações da Assessoria.


Livro debate patrimônio e desenvolvimento local


A Editora Medianiz convida para o lançamento do livro ”As raízes do futuro: o patrimônio a serviço do desenvolvimento local”, de Hugues de Varine, a ser lançado no dia 27 de junho no auditório do antigo prédio da reitoria da UFSM.

O livro será lançado também em Belém (PA), bem como em Ouro Preto (MG), Porto Alegre (RS), Picada Café (RS) e São Miguel das Missões (RS). Em Belém, o lançamento fará parte do IV Encontro Internacional de Ecomuseus e Museus Comunitários, que ocorre entre 12 e 16 de junho. Giane Escobar, representante do Museu Comunitário Treze de Maio, é organizadora da mesa redonda Cidadania e Protagonismo Comunitário, no dia 15 de junho.

Mais informações www.abremc.com.br

Leia a resenha do livro e a biografia do autor fornecidas pela Editora Medianiz:
VARINE, Hugues de. As raízes do futuro: o patrimônio a serviço do desenvolvimento local. Porto Alegre: Medianiz, 2012.
Nas páginas do valioso As raízes do futuro, o leitor encontrará a trajetória intelectual e a experiência do consultor internacional Hugues de Varine no  movimento de construção, em diversos países, dos ecomuseus e museus comunitários. Partindo de princípios, ideias e sugestões, ele se baseia no vínculo entre patrimônio, ação comunitária e desenvolvimento local sustentável. Varine aponta com maestria as possibilidades da museologia inovadora e participativa no seio do cotidiano comunitário, da riqueza dos rastros do passado e do presente direcionados ao futuro. Associa e valoriza a relação do patrimônio (individual ou coletivo) com os caminhos instigantes e reveladores da cultura viva, do desenvolvimento e da sustentabilidade.Concebido com vivências pessoais e coletivas, As raízes do futuro inova a visão de patrimônio. Revela a necessidade de reconhecê-lo e de inventariá-lo com vista à mudança, registrando as memoráveis experiências de comunidades que já promoveram a prática da museologia comunitária.  Essas vivências foram acrescentadas pelo autor a esta edição em língua portuguesa sob o nome de Fichas referenciais de casos exemplares. O livro é um relato cativante do aprendizado, das conquistas e das previsões do mestre e de seu aprimoramento na sabedoria das comunidades.
Hugues de Varine é consultor internacional na área da museologia e do desenvolvimento. Formado pela Universidade de Paris, com pós-graduação em História e Arqueologia, ocupou cargos de vice-diretor e diretor do Conselho Internacional de Museus (Icom), fundou o Ecomuseu de Le Creusot-Montceau e atuou no Ministério da Cultura da França, na área de desenvolvimento cultural e de avaliação de políticas culturais. Fundador da Asdic Consultores, entidade especializada em desenvolvimento de comunidades, participa de missões de desenvolvimento cultural, social e econômico de comunidades urbanas e rurais da França e da União Européia, incentivando práticas culturais e de consolidação do desenvolvimento local. Internacionalmente participou de projetos na Alemanha, Suécia, México, Brasil, Canadá, Portugal, Grécia, Hungria, Irlanda e Reino Unido, entre outros. Autor de A cultura dos outros (Paris: Seuil, 1976); A iniciativa comunitária (Macon: MNES & W, 1992); Cidade, cultura e desenvolvimento (Paris: Syros, 1995, com Jean Michel Montfort); e As raízes do futuro (Asdic, 2002), além de artigos em periódicos franceses e publicações internacionais sobre museus, patrimônio, ação comunitária e desenvolvimento local.


VI Mostra de Filmes da Filosofia começa na próxima segunda-feira


O Departamento de Filosofia da UFSM promove, durante a próxima semana, a sexta edição da Mostra de Filmes da Filosofia, com o tema “Liberdade e Sentimentos Morais”. As exibições iniciam na segunda-feira, 11 de maio, com o filme O Gabinete do Dr. Caligari e comentários do Professor César Schirmer dos Santos. Durante a Mostra também serão exibidos os filmes: O Fantasma da Libertade (12/06), O Processo (13/06), Ladrões de Bicicletas (14/06) e encerrando a semana, Laranja Mecânica (15/06). Serão realizados comentários sobre os filmes após cada exibição. A VI Mostra acontece sempre a partir das 18h30min, na sala 2323 do Prédio 74-A. As inscrições são gratuitas e serão feitas no local. A participação em três das cinco noites corresponde a um certificado de 20h. Mais informações no site: www.ufsm.br/filosofia

Gabinete do Dr. Caligari é o primeiro filme do ciclo

Com informações da Assessoria