Quando te avisto, filme sobre presença indígena em Santa Maria no Festival de Gramado agosto 18, 2020


Nosso documentário, Quando te avisto (2020, 24’), foi selecionado no Festival de Cinema de Gramado para concorrer ao Prêmio Assembleia Legislativa de Cinema – Mostra Gaúcha de Curtas. A produção aborda a presença indígena em Santa Maria e propõe uma reflexão da relação do homem branco com os povos indígenas que não se restringe ao local.

A proposta para o documentário surgiu em 2018, após finalizarmos a série de documentários sobre o interior santa-mariense, onde a história oral sempre evocava a presença indígena a partir de artefatos encontrados por agricultores em plantações ao revirar a terra. Outro fator foi a abordagem limitada sobre a presença indígena na constituição histórica do município. Iniciamos a produção um ano depois, assim que aprovamos sua realização na Lei de Incentivo a Cultura de Santa Maria – LIC/SM pelo projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade 2019.

Para construir a visão do filme, trabalhamos com oficinas de formação audiovisual nas escolas indígenas das aldeias Guarani Mbyá – Tekoa Guaviraty e na Aldeia kaingang Três Soitas. Foi uma forma de estarmos mais próximos dessas comunidades, de nos integrarmos mais ao seu cotidiano e de levar a possibilidade do audiovisual para que eles mesmo pudessem registrar suas histórias e também para que o filme não fosse um olhar colonizador. Foi dessa experiência que resultou o Quando te avisto e o documentário Mbya Arandu (Saber Guarani), produzido pelos estudantes, que ganhou melhor documentário no prêmio especial do júri no 13º Curta Taquary – Festival Internacional de Curta-Metragem, de Taquaritinga do Norte, em Pernambuco.

O festival de Gramado, que está na sua 48º edição, ocorre entre os dias 18 e 26 de setembro de forma online. A programação será transmitida pela grade linear do Canal Brasil e a Mostra Gaúcha de curtas também estará disponível para assinantes do Canal Brasil Play entre os dias 19 e 22 de setembro.

Além disso, já estamos preparando o pré-lançamento do Quando te avisto no formato de live, com um debate sobre o audiovisual como ferramenta de representação dos povos indígenas. Acompanhe nossas redes nossas redes (Facebook e Instagram) para não perder essa discussão.

Sinopse
O que acontece quando dois olhares se cruzam? E se esses olhares compartilham de um mesmo espaço, mas se constituem em mundos próprios? O que afasta e aproxima indígenas e não indígenas? Entre colonizações e apagamentos históricos, disputas de territórios, presença e invisibilidade, o legado das comunidades indígenas é o da existência através da resistência ancorada na sua espiritualidade, no respeito às diferenças e no vínculo com a natureza.

Direção de Denise Copetti e Neli Mombelli
Documentário | 24’46”

Veja o trailer

 

Por Lívia M. Oliveira

Tags:, , , , , , , , , ,
Postado por: TV OVO

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.