Conheça os vencedores do 2º Assimetria maio 30, 2019


Ontem encerrou a segunda edição do Assimetria – Festival Universitário de Cinema e Audiovisual. A sede do festival, que iniciou na segunda-feira,  foi em Florianópolis e teve sessões concomitantes em Santa Maria, já que a proposta é realizada conjuntamente entre a Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) e Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Nos três dias, circularam mais de 200 pessoas pelas salas de exibição do Centro Integrado de Cultura (CIC) de Florianópolis e do Cineclube da Boca, no prédio 67 da UFSM. Foram exibidos 31 curtas distribuídos entre ficção, documentário e experimental.

Os vencedores desta edição foram:

Melhor filme de ficção: Y Ahora Elogiemos Las Peliculas (Nicolás Zuckerfeld, FUC)

Melhor filme experimental: YYY (Salomé Bazin, UNTREF)

Melhor documentário: Um Lugar ao Sul (Gianluca Cozza, UFPel)

Júri Popular: Sem Nome (Marthina Baldwin, UFSC)

Menção honrosa: Que som tem a distância? (Marcela Shild, UNISC)

O júri foi composto por  Ana Lígia Becker (MIS/SC), Cássio Tomaim (UFSM), Gustavo Spolidoro (PUCRS), Jorge La Ferla (UBA/FUC) e Patrícia Iuva (UFSC).

O Festival recebeu inscrições de 13 instituições de ensino superior da região Sul do Brasil e dos países vizinhos Argentina, Paraguai e Uruguai, área de abrangência da edição de 2019.

O Assimetria é um projeto de extensão do Centro de Artes e Letras (CAL) da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), em conjunto com a TV OVO e o Cineclube da Boca, e conta com a parceria de professores do Curso de Cinema do Departamento de Artes (ART) da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), em conjunto com o Cine ParedãoCineclube Rogério Sganzerla, Cinema Mundo, e neste ano, do CIC.

 

Tags:, , ,
Postado por: Neli Mombelli

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *