Escolas da Urlândia, Renascença e de São Valentim são a próxima parada de oficinas março 22, 2019


Ideias e sentimentos traduzidos em ângulos, cores, luz e sombra, ruídos, vozes, cortes, se misturam com realidades e contextos sociais nos próximos meses como potência de expressão cultural, artística e social. Estamos falando do projeto Olhares da Comunidade, que percorrerá três escolas municipais com o desafio de trabalhar a formação audiovisual. Nesta semana visitamos as escolas Reverendo Alfredo Winderlich, no bairro Urlândia, e a escola José Paim de Oliveira, no distrito de São Valentim, para iniciar a produção das oficinas audiovisuais. Ainda, na semana que vem, iremos até a escola Sérgio Lopes, localizada no bairro Renascença.

A proposta é de trabalhar com grupos de 20 estudantes do oitavo e nono ano para exercitar o olhar e a criatividade para a produção audiovisual, estimular a interação e promover a reflexão sobre si mesmo e sobre a relação dos estudantes com a comunidade em que vivem. As oficinas estão programadas para os meses de abril, maio e junho que terá como resultado duas vídeo cartas por escola endereçadas para alguém da escolha deles que tragam reflexões sobre o contexto desses jovens.

Ao fim das 12h de oficina, uma segunda etapa será realizada em nossa sede com 20 estudantes da primeira etapa que queiram aprofundar os conhecimentos em audiovisual. A última ação do projeto prevê  uma sessão de cinema em cada escola para que os novos  realizadores audiovisuais possam apresentar suas produções para a comunidade escolar. O Olhares da Comunidade tem o financiamento da lei de incentivo à cultura de Santa Maria (LIC/SM).

Por Tayná Lopes

Após um dia de chuva, estudantes da escola José Paim de Oliveira, em São Valentim, trocavam passes quando chegamos na escola para conversar sobre as oficinas. Foto: Neli Mombelli

Tags:, , , , ,
Postado por: TV OVO

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *