Notícias

Colóquios discutem jornalismo e audiovisual


Para comemorar os 21 anos da TV OVO neste mês, completos no próximo dia 12, organizamos uma programação que carrega os traços da nossa história, isto é, voltada para a cultura, para a comunicação, para o jornalismo e para a reflexão e o debate destes temas tão caros à sociedade. E, claro, essas atividades só são possíveis pela parceria com diversas entidades da cidade que constroem com a gente.

No dia 08 (segunda-feira), a programação traz o Colóquio Novas Formas de Fazer Jornalismo. Proposto por Marcelo Canellas, o debate contará com a presença da Cláudia Schulz, da Mídia Ninja, de Caio Cavechini, do Profissão Repórter e de Sérgio Lüdtke, do Interatores, escola de consultoria em mídias digitais de Porto Alegre. O colóquio será no Theatro Treze de Maio, às 20h30. A mediação é da professora Laura Storch do Departamento de Comunicação da UFSM. Para essa atividade, contamos com o apoio do Gabinete do Reitor da UFSM e da Chilli Produções. A entrada é gratuita e as senhas para estudantes e professores podem ser retiradas nas coordenações dos cursos de Jornalismo de Santa Maria e Região, e, para o público em geral, na bilheteria do teatro a partir do dia 02 de maio.

Já para dia 11 (quinta-feira), realizaremos o Colóquio Narrativas Audiovisuais e Informação, que contará coma presença do jornalista Marcelo Canellas, da documentarista Eliza Capai e da jornalista e fundadora da Rede de Jornalistas Livres, Laura Capriglione. O debate permeará questões acerca de como contar histórias e a relação com o Outro, pensando nas linguagens audiovisuais que perpassam a reportagem televisiva, vídeos informativos para internet e o documentário. A mediação será feita por Neli Mombelli, integrante da TV OVO e professora do curso de Jornalismo da Unifra. O colóquio será no Theatro Treze de Maio, às 20h30. A entrada é gratuita por meio da retirada de senhas a partir do dia 2 de maio. Estudantes e professores podem retirar nas coordenações dos cursos de Jornalismo de Santa Maria e Região, e o público em geral na bilheteria do teatro. A atividade será transmitida pelo Facebook da TV OVO. O colóquio integra o projeto Narrativas em Movimento 2017, tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Santa Maria e conta com apoio do Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFSM e do curso de Jornalismo da Unifra.

Ainda teremos lançamento de documentários nos dias 10 e 13, além de um workshop no dia 06. Confira a nossa programação e agende-se.

Dúvidas e/ou informações pelo e-mail tvovo@tvovo.org, pelo telefone 3026 3039 ou por mensagem inbox pela página da TV OVO no facebook.

Colóquio sobre Jornalismo realizado no ano passado no Narrativas em Movimento red


São Valentin e Santo Antão na tela da Feira do Livro


No sábado. dia 13 (sábado), penúltimo dia da Feira do Livro de Santa Maria, estaremos no palco do Livre Livre, às 19h, para lançar os documentários sobre Santo Antão (dir. Marcos Borba) e São Valentin (Dir. Jaiana Garcia). Produzidos em 2016, os documentários retratam os dois distritos santa-marienses. Pessoas, lugares, memórias, histórias e Santa Maria: uma terra multifacetada em sua constituição, com diferentes identidades e vocação para o transitório. São esses elementos que dão forma ao projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que na sua sétima edição abarca os dois filmes e tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura da cidade.

Após a exibição terá um bate-papo com os diretores. Traga seu chimarrão.

Gravação em São Vaelentin


Pré-lançamento do documentário #Resistência, de Eliza Capai


Eliza Capai estará em Santa Maria no dia 10 de maio (quarta-feira) para o pré-lançamento do documentário #Resistência no Clube Comercial (Rua Venâncio Aires, 1972), às 20h30. O filme, dirigido e narrado por ela, traz a narrativa das ocupações do #OcupaAlesp, #OcupaMinc-RJ, #OcupaFunarte-SP, a Marcha das Vadias RJ e a Parada LGBTT de São Paulo durante os meses de governo interino de Michel Temer. Após a exibição, terá debate com a diretora. A entrada é gratuita.

Eliza atua desde 2001 como documentarista e com temáticas relacionadas à cultura, gênero e sociedade. Dirigiu os filmes Cicloativistas e Severinas. Em 2015, viajou um mês pela Angola, onde surgiu o thriller É proibido falar em Angola, sobre os presos políticos do país, e o Especial Angola. Ela, quej á ganhou inúmeros prêmios, também participará do Colóquio Narrativas Audiovisuais e Informação, no Theatro Treze de Maio, dia 11, às 20h30.

Acompanhe o evento no Facebook para mais informações.

Dúvidas e/ou informações pelo e-mail tvovo@tvovo.org, pelo telefone 3026 3039 ou por mensagem inbox pela página da TV OVO no facebook.

Documentário resistência