Videoclipe “O Rei dos Excluídos” é gravado no Sobrado junho 11, 2016


Na fria noite de 5 de junho, domingo, o Sobrado da Rua Floriano peixoto esquina com Ernesto Becker foi cenário da gravação do videoclipe da música O Rei dos Excluídos, de Diego Lopes. A  direção do clipe ficou a cargo de Fernando Codevilla e a TV OVO entrou como parceira neste projeto, tendo na direção de fotografia Alexsandro Pedrollo, na assistência Marcos Borba e na produção Neli Mombelli.

Diego Lopes, conhecido por ser o baixista da banda Acústicos e Valvulados, está lançando seu segundo disco solo, chamado Tabuleiro. Após receber grandes críticas ao seu primeiro álbum, Diego ficou com grandes dúvidas se conseguia mesmo fazer música. Para buscar as respostas decidiu fazer exatamente isso: música – e foi assim que surgiu o Tabuleiro.

O álbum não trata somente de responder às críticas recebidas, mas também aborda assuntos universais.  Na verdade, não há uma interpretação única. Tudo depende de quem ouve, de como o ouvinte encaixa a letra e a melodia na sua vida. O músico salienta que os dois discos retratam a época de sua vida em que foram gravados. O segundo disco traz um certo amadurecimento: Diego está casado, com filho, e isso se reflete em seu trabalho.

Ao falar sobre a música do videoclipe, O Rei dos Excluídos, o Diego diz que ela não é sobre alguém em específico, e sim sobre todos nós. Para ele, é sobre alguém que não se mexe para fazer nada e ainda assim se acha o cara. “Acho que todo mundo conhece alguém que acha que sabe tudo, pode tudo, mas só não faz nada porque nada vale a pena fazer”, comenta Diego. É a partir  disso que o diretor do videoclipe, Fernando Codevilla, explica o conceito do cenário – um local em ruínas. O espaço “traz essa noção de ausência de movimento. Um homem está sentado em meio a sua casa em ruínas e não faz nada para mudá-la”.

Diego Lopes diz que adora Santa Maria e a ideia de gravar na cidade veio do Fernando, que já era amigo de Diego. O Tabuleiro mesmo era um lugar em Júlio de Castilhos, cidade da família do músico. O álbum foi produzido de maneira independente e está sendo divulgado pelo meio digital, pois, segundo Diego, no corre-corre atual, não são muitas as pessoas que param para escutar um disco inteiro, faixa por faixa, mas que mesmo assim optou por gravar um disco. Ele  revela, rindo, que fez um álbum todo, pois tinha muito o que falar.

Sobre o cenário musical, Diego lembra que antes dos álbuns serem tão importantes, no final dos anos 60, os principais trabalhos dos artistas eram em singles. Só se fazia discos completos quando os singles rendiam. Até mesmo os Beatles lançaram várias músicas que não entraram para seus álbuns. Ele acredita que estamos voltando para esta fase de singles.  Enquanto isso, em breve o álbum Tabuleiro deverá estar em lojas físicas como Livraria Cultura, Saraiva e Multisom.

Por Nicoli Saft
Fotografia de Fernando Codevilla

rei dos excluidos

Tags:, , , , , , ,
Postado por: TV OVO

Comentários

Deixe uma resposta