Você tem fome de que? maio 7, 2012


Essa inquietação, que também lembra a música dos Titãs, permeou o Livro Livre na Feira do Livro de Santa Maria no último domingo, 06. O convidado, o jornalista Marcelo Canellas, falou dos cruzamentos entre o jornalismo televisivo e a crônica, formas tão distintas de se expressar, mas que buscam inspiração na mesma essência – a vida.

Canellas é conhecido por seu jornalismo de estilo literário e por suas reportagens que abordam temas substanciais da sociedade, que envolvem diferenças, políticas públicas e direitos humanos. Para ele, o jornalismo trata das contradições da vida. O que move o jornalista é a inquietude a curiosidade, a inconformidade, e, na sua opinião, aquilo que o incomoda como jornalista, antes de tudo deve incomodá-lo enquanto cidadão.

E suas crônicas também perpassam essas contradições, mas, diferente do telejornalismo, onde há uma objetividade, o jornalista diz que na crônica ele expressa a sua opinião. Quem as lê, lê suas ideias e o seu ponto de vista sobre o mundo. Canellas escreve semanalmente para o Jornal Diário de Santa Maria. Sua inspiração é a busca por aspectos da cidade (embora tenha nascido em Passo Fundo, ele se considera santa-mariense por ter morado aqui por muitos anos) que criam uma identificação com o leitor. Ele diz buscar memórias, detalhes que remetam à vida das pessoas e a sua relação com o espaço, criando uma afinidade afetiva entre cronista e leitor. E quem o ajuda nesta escrita são suas leituras de autores como Rubem Braga, Mario Quintana e Gabriel García Márquez.

Quanto ao cenário da leitura no Brasil, Canellas diz que esse é um grande problema, pois as pessoas em geral não tem acesso aos livros. Ele acredita que o país precisa de uma ferramenta que promova este acesso e hábito: “o país tá devendo nesse aspecto”, salienta ele.

Talvez tenha ficado uma pergunta sem resposta ainda neste texto… Você tem fome de que? Quando refletimos sobre os modos de se fazer jornalismo, sobre o que o move, refletimos também sobre a sociedade, a qual também é reflexo das nossas ações. E então, do que mesmo você tem fome?

[youtube W5TI7iLvHC4 nolink]

Texto: Neli Mombelli
Fotos: Neli Mombelli e Rafael Rigon

Tags:, , , , ,
Postado por: Neli Mombelli

Comentários

Deixe uma resposta