Notícias

PONTÃO FOCU – INSCRIÇÃO – CRICIÚMA/SC


A oficina de Vídeo – TV OVO convida os Pontos de Cultura de Santa Catarina para se inscreverem na Oficina de Formação Audiovisual do FOCU – Pontão Fomento Cultural. Criciúma – 14/15/16 e 21/22/23 de janeiro 2011, Vagas limitadas


TV OVO recebe 2º lugar no Prêmio Cultura Viva


A TV OVO, por meio do Ponto de Cultura Espelho da Comunidade,  recebeu o segundo lugar na categoria Ponto de Cultura do Prêmio Cultura Viva 2010. A premiação foi ontem à tarde, no Rio de Janeiro.  A iniciativa premiada foi o projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, que existe desde 2004 e visa recuperar, preservar e divulgar a memória de Santa Maria, registrando histórias de lugares e pessoas que contribuíram para o desenvolvimento da cidade. Por meio do audiovisual, são realizdos reportagens e documentários que proporcionam à população uma reflexão sobre seu papel como construtora de sua própria realidade urbana. Conheça as outras iniciativas premiadas.

O Prêmio Cultura Viva, que tem como tema  Comunicação e Cultura, buscou, nesta edição, estimular e dar visibilidade às iniciativas culturais que estimulam a fluência comunicativa – a expressão, o compartilhamento de informações e conhecimentos – e o trabalho colaborativo como condições  para o reconhecimento da influência das práticas culturais no processo de construção de identidades, convivência e desenvolvimento. Foram 1.794 inscrições, de 750 municípios brasileiros. As inciativas passaram por um sistema de avaliação que consiste: 1ª Etapa – Análise preliminar; 2ª Etapa – Seleção das 120 iniciativas semifinalistas (os projetos classificados aqui já recebem o Selo Cultura Viva); 3ª Etapa – Seleção das 40 iniciativas finalistas; 4ª Etapa – Seleção nacional das 12 iniciativas premiadas ( FASE A – Visitas técnicas e FASE B – Seleção dos premiados).

Esse prêmio significa muito para a TV OVO. Trata-se de mais uma chancela do Ministério da Cultura reconhecendo o trabalho cultural desenvolvido pela TV. Trabalhamos com comunicação e cultura, sempre com a preocupação de criar possibilidades de diálogos com a comunidade em busca da preservação da identidade local. Ao resgatarmos o patrimônio material e imaterial de Santa Maria, através do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade, aliamos questões históricas e sociais, e divulgamos a memória cultural de Santa Maria. O recebimento deste prêmio nos incentiva a continuar trabalhando nesse sentido.

Foto still das gravações do documentário Avenida Progresso, integrante do projeto Por Onde Passa a Memória da Cidade


Mostra de Independência do Olhar projeta vídeos produzidos nas oficinas do FOCU



A “Mostra de Independência do olhar” é uma proclamação de liberdade cultural. Com o audiovisual, uma das grandes ferramentas de criação de um olhar sobre a própria realidade, mais de 300 alunos passaram a pensar sobre as imagens em movimento que os cercam.

A mostra é o resultado das “Oficinas de Formação Básica”, do Pontão FOCU/TV OVO de Fomento Cultural. São obras de aprendizado, de contato com a produção e com a linguagem audiovisual. Mas, acima de tudo, são obras que proclamam o ponto de vista dos alunos sobre suas realidades contemporâneas.

O FOCU movimentou mais de 50 pontos de cultura, 7 cidades no Sul do país, e envolveu profissionais dos mais diferentes campos do audiovisual. A “Mostra de Independência do Olhar” é a celebração de uma busca por olhares autênticos, por realidades e imaginários próprios, e pela criação de uma rede criativa de produções audiovisuais no Sul do pais.

A mostra foi organizada para acontecer de forma simultânea nas 7 cidades pólos onde aconteceram as oficinas de formação audiovisual do Pontão FOCU de Fomento Cultural. Entre as cidades que farão a mostra de forma simultânea estão Santa Maria, Rio Grande, Porto Alegre, São Francisco do Sul, Jaraguá do Sul, Joinvile e Curitiba.

Programa

“Mostra de Independência do Olhar”

“Quilombo Silva” (Porto Alegre, 14’, ficção)

Roteiro:  Sérgio Valentim e Thaís Fernandes Direção: Sérgio Valentim

Sinopse: A luta quilombola por reconhecimento no Brasil representada pelo Quilombo da Família Silva, é contada neste documentário etnográfico que revela história de resistência dessa comunidade que reside há mais de 80 anos no bairro três figueiras em Porto Alegre. Com a especulação imobiliária e o crescimento da cidade, a comunidade ficou ilhados entre prédios e condomínios de luxo em uma das áreas mais “nobres” do estado do Rio Grande do Sul.

“Patricia” (Curitiba, 6’, ficção)

Direção e roteiro: Milene Lopes Dias

Sinopse: Quantos que andam apressados pela rua não têm algo muito importante a saber? Minutos de tensão e um resultado vital.

“Trânsito” (Florianópolis, 10’, híbrido (Documentário e ficção))

Direção e roteiro: Révero Ribeiro

Sinopse: “Trânsito” é um curta que discute a mobilidade urbana e o consumismo que pauta nossa sociedade. Misturando imagens documentais e ficção, o video procura fazer o espectador pensar nas relações humanas e nas condições de vida nas cidades. Fruto de um exercício, o curta se permite a experimentar com a linguagem do audiovisual e construir uma narrativa principalmente através das imganes.

“Marieta” (Porto Alegre, 12’, documentário)

Roteiro: Eleonora K. Spinato Direção: Eleonora K. Spinato e Tiago Rodrigues

Sinopse: Marieta, moradora do Asilo Padre Cacique em Porto Alegre, extravasa feminilidade dançando e cantando com seus colares e roupas floridas. A cantora e dançarina da Radio Difusora e Cine Castelo ,  brinca com as palavras, joga com a memória  restaurando  o sentido do tempo vivido Em seu quarto, organizador das lembranças , tece sua teia   que estende sobre a cama e alimenta o sono, os sonhos e a vida.

“Vida de coelho” (Santa Maria, 13’, ficção) Direção: Jean Andrade

Sinopse: A vida do cara é daquelas que merece a frase “que vida de merda!”. Desempregado, alcoólatra e fazendo bicos humilhantes. O que mais poderia acontecer para as coisas ficarem ainda piores? Algum resultado indesejável, depois de um dia de árduo trabalho, talvez.

“Chá de fita” (Londrina, 7’, ficção) Roteiro e direção: Fabricio Borges

Sinopse: Baseado em lenda urbana, Chá de fita é uma lisérgica viagem pela mente de uma senhora católica, fiel ouvinte de rádio.

“Outra História” (Rio Grande, 12’, híbrido (documentário e ficção))  Roteiro: Equipe ArtEstação Direção: Law Tissot

Sinopse: “Outra História” mostra diferentes reflexões a respeito do lixo e da poluição na cidade do Rio Grande, a partir dos depoimentos dos moradores e ativistas ambientais.


1° Seminário “Culturas em Rede” discute formacão de rede audiovisual e descentralização da produção cultural


Nos dias 10 e 11 de dezembro, a TV OVO | FOCU – Pontão Fomento Cultural promove o 1° Seminário de Cultura e Produção Audiovisual – Culturas em Rede.
A ideia é iniciar a construção de mais um espaço de diálogo e reflexão sobre o movimento dos Pontos de Cultura e sobre a formação de uma rede de produção audiovisual na região Sul do Brasil. Entre os temas em debate estão o Programa Cultura Viva, a descentralização da produção audiovisual e a produção cultural em rede.

Além dos debates, a programação do Culturas em Rede conta com a Mostra de Independência do Olhar, dia 10/12 (sexta-feira), às 19h. A mostra é composta por vídeos de curta-metragem produzidos durante as oficinas de formação do Pontão FOCU de Fomento Cultural. A exibição foi organizada para ocorrer de forma simultânea nas 7 cidades pólos (Santa Maria, Rio Grande, Porto Alegre, São Francisco do Sul, Florianópolis, Londrina e Curitiba) onde foram realizadas as oficinas de formação audiovisual do Pontão FOCU.

O 1° Seminário de Cultura e Produção Audiovisual TV OVO | FOCU – Pontão Fomento Cultural é aberto à comunidade e acontece no Auditório João Miguel de Souza, na Cooperativa dos Estudantes de Santa Maria – Cesma (Rua Professor Braga, 55), em Santa Maria – RS. Participarão do Seminário representantes do Ministério da Cultura e das Secretarias da Cultura do Estado e do município de Santa Maria, de Pontos de Cultura da região Sul do país e pontos parceiros do projeto FOCU no ano de 2010. Não é necessário fazer inscrição para participar da  programação do evento.

PROGRAMAÇÃO
1° Seminário de Cultura e Produção Audiovisual – Culturas em Rede

Sexta-feira – 10/12/2010


Mesa 1 – das 10h às 12h
Tema: Incentivo à Cultura
O reavivamento da Cultura: Programa Cultura Viva e os mecanismos de fomento cultural

Debatedores:

Juana Nunes – Coordenadora-Geral de Mobilização e Articulação em Rede – Secretaria de Cidadania Cultura/Ministério da Cultura (PRESENÇA CANCELADA)

Fábio Rosenfeld – Coordenador Lei de Incentivo à Cultura/Secretaria de Estado da Cultura

Iara Druzian – Secretária da Cultura/Secretaria de Município da Cultura de Santa Maria

Mesa 2 – das 14h às 15h30min
Tema: Cultura e Produção em Rede
Cultura: Práticas, experiências e desafios da produção cultural em rede

Debatedores:

Marly Cuesta – Representante dos Pontos de Cultura do RS

Érico Massoli – Representante dos Pontos de Cultura do PR

Gilson Máximo – Representante dos Pontos de Cultura de SC

Leonardo Palma – Macondo Coletivo/Fora do Eixo/Universidade Nômade

Mesa 3 – das 16h às 17h30min
Tema: Produção Audiovisual
Audiovisual: Novas Mídias e a Descentralização da Produção Audiovisual

Debatedores:

Cláudia Dreyer – realizadora, representante da APTC/ABD RS (Associação dos Profissionais e Técnicos Cinematográficos do Rio Grande do Sul

Fernando Krum – Mestrando no programa Multidisciplinar de Pós-graduação em Cultura e Sociedade – UFBA

Diego Müller – Diretor e roteirista/ GM2 Filmes

19h – Mostra de Independência do Olhar – Exibição e debate sobre curtas-metragens produzidos nas oficinas de Formação Audiovisual do FOCU
Lançamento dos DVDs com as produções audiovisuais realizadas pelo FOCU e pelos Pontos de Cultura

20:30h – Coquetel

Sábado – 11/12/2010

Mesa 4 – das 9h às 12h e das 14h às 16h

Incentivo à Cultura: Programa Cultura Viva

Explanação: Ana Paula Stock – Ex-Consultora do Programa Cultura Viva na Região Sul – Ministério da Cultura

Tema: Pontão FOCU
Pontão FOCU – Apresentação, avaliação e projeções: como fortalecer a Rede de Produção Audiovisual
Exibição de documentário produzido pela equipe do FOCU sobre os Pontos de Cultura do Sul do país.

Contamos com a sua presença para a construção deste Seminário!