TV OVO também é Agente Cultura Viva abril 15, 2010


A Oficina de Vídeo TV OVO foi contemplada com o edital Bolsa Agente Cultura Viva. O projeto tem o objetivo de estimular o empoderamento social e o protagonismo da juventude dos Pontos de Cultura. O bolsa Agente Cultura Viva será desenvolvido em Santa Maria por Luriane Melo, Bruno Oliveira, Juan Pablo Menezes e Lucas Jacques,  no projeto Omelete Cultural.

As ações que serão desenvolvidas consistem em debates, palestras, exibições cineclubistas, com abordagem em Comunicação e cultura, economia da cultura, cultura e educação, cultura digital, cultura e saúde, ludicidade e cultura e cidadania. As atividades serão documentadas através de um blog alimentado por textos, vídeos, fotografias, podcasts radiofônicos, tudo isso produzido pelos próprios agentes.

O projeto pedagógico do Omelete Cultural está organizado em quatro etapas: planejamento, formação, produção/realização e avaliação. Os adolescentes devem receber formação nas áreas de cineclube, rádio, fotografia, cultura digital, produção cultural e audiovisual.Os quatro jovens, selecionados por meio de edital, receberão uma bolsa mensal no período de doze meses para realizar o projeto. O desenvolvimento do Omelete Cultural representa uma oportunidade de integração do Ponto de Cultura Espelho da Comunidade com a população e outros grupos sociais de Santa Maria. A intenção é criar uma rede de debates a cerca do desenvolvimento da cultura brasileira. O Bolsa Agente Cultura Viva representa o investimento de R$28.240,00 para a cidade de Santa Maria.

Contatos diretos com a galera do Omelete, através do email omeletecultural@tvovo.org

Texto elaborado por Priscila Costa, Luriane Melo e Sabrina Kluwe.


Confira a matéria sobre o Omelete Cultural no Diário de Santa Maria aqui.

Tags:, , , ,
Postado por: TV OVO

Comentários

Uma resposta para “TV OVO também é Agente Cultura Viva”

  1. Prezados amigos da TV Ovo e omelete cultural:
    Eu participo indiretamente de um ponto de cultura em Caçapava do Sul, aqui a ideia de cultura gaucha e brasileira
    está se movendo há passos lentos, o importante é que está se mobilizando, há pouca participação da sociedade da cidade nos eventos, digamos que de 20% ou menos até da sociedade civil participa dos encontros, congressos,…
    Está se cogitando haver uma separação entre secretaria da educação e da cultura, o que seria muito importante, pois muitas das verbas que vêm vão para a educação e fica um mínimo de contrapartida para a cultura do município.
    Quando vi um pessoal da TV Ovo chegando no CTG do Clareira fiquei contente, precisamos nos integrar cada vez mais, aí as possibilidades irão se desenvolver, crescer, se multiplicar.
    Um abraço a todos os amigos amantes da boa cultura, ajudem-nos a resgatar nosso município que está enraizado
    em antigas tradições que só trazem um relativismo furado sem perspectivas de futuro.
    Felicidades e espero novidades sempre de vocês!

Deixe uma resposta